sexta-feira, 10 de fevereiro de 2017

DOIS FUGITIVOS DO DISTRITO FEDERAL SÃO PRESOS NO RN

Natal-RN-Policias.
Fugitivo de Brasília é preso no RN (Foto: Divulgação/Deicor)
A Polícia Rodoviária Federal do Rio Grande do Norte prendeu na Grande Natal dois homens procurados pela Justiça do Distrito Federal. Segundo a Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (Deicor), Isac de Moraes Arruda, de 38 anos, e José Webson Pereira Simão, de 31 anos, estavam no Rio Grande do Norte para trocar informações sobre roubos de caixas eletrônicos.
“Nós acreditamos que eles estavam em Natal para fazer sondagens de novos locais de explosões e também para trocar informações sobre estratégias de atuação”, explica o delegado titular da Deicor, Odilon Teodósio.
A informação da Deicor é que o carro dos fugitivos foi parado, na noite de sábado (3), em uma blitz feita pela Polícia Rodoviária Federal na BR-101 na altura de Parnamirim, na Grande Natal. Quando descobriram que Isac e José Webson já tinham passagem pela polícia, os policiais teriam levado os dois até a Delegacia de Plantão da Zona Sul de Natal, onde descobriram que a dupla tinha, em aberto, mandados de prisão pela prática de roubos.
Celular de suspeito tinha fotos de uma pilha de dinheiro ao lado de um caixa eletrônico (Foto: Divulgação/Deicor)
A investigação feita depois da prisão pela equipe da Deicor com o apoio da Polícia Civil do Distrito Federal revelou que José Webson participou de roubos em 2006, 2008 e 2010 no DF. Ele também está sendo investigado pelo roubo de dois caixas eletrônicos do Banco de Brasília, em 22 de novembro, em Brasília. Condenado a 33 anos de prisão por roubo, Isac nasceu em Mossoró, no interior do Rio Grande do Norte, mas morava na capital federal.
Com José Webson, a Polícia Civil apreendeu dispositivos eletrônicos que continham imagens dos supostos crimes cometidos em Brasília. Em uma das fotos, é possível ver uma pilha de dinheiro. Isac e José Webson já foram levados de volta para Brasília.
Celular de suspeito tinha fotos de uma pilha de dinheiro ao lado de um caixa eletrônico (Foto: Divulgação/Deicor)
Celular de suspeito tinha foto de uma pilha de dinheiro (Foto: Divulgação/Deicor)


Postar um comentário