domingo, 5 de fevereiro de 2017

MEIA TONELADA DE DROGAS, FUZIL E PISTOLAS SÃO APREENDIDOS NO AM

AM-Policia.
blogdoxarope
Uma carga de 500 kg de drogas foi apreendida pela Secretaria-Executiva-Adjunta de Inteligência (Seai), da Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM), na quarta-feira (1°) em uma comunidade rural do município de Careiro, a 88 km de Manaus. O local onde os entorpecentes estavam escondidos foi descoberto depois que um homem foi preso com um fuzil norte-americano e duas pistolas na Zona Oeste da capital.Durante operação conjunta da Seai e do Departamento de Investigação sobre Narcóticos (Denarc), o operador de máquinas Marcel Prestes Silva, 31 anos, foi preso em flagrante.
O homem foi localizado na casa onde morava na Rua 31 de Março, bairro São Raimundo, na Zona Oeste.Em um dos cômodos da residência do operador de máquina, foram encontrados um fuzil, duas pistolas, seis carregadores de pistola, quatro carregadores de fuzil, além de 61 munições de calibre 9 milímetros, 89 munições de calibre 5.56 e uma luneta de arma.Marcel Prestes foi identificado após apreensões de drogas feitas pela polícia em janeiro deste ano, quando uma tonelada de drogas foi apreendida na capital e região metropolitana.
Segundo a polícia, ele é apontado como um dos responsáveis pelo armazenamento e transporte das drogas trazidas da Colômbia, que entram no Brasil pelo município de Tabatinga, na região da Tríplice Fronteira (Brasil, Colômbia e Peru)."As investigações continuaram e conseguimos apreender o restante do entorpecente que estava escondido. Esse armamento apreendido é utilizado pela equipe que vem escoltando as drogas e pelo fuzil percebemos a potência dessa escolta.
O Marcel fez parte do transporte do entorpecente. Geralmente, existe um grupo que faz o transporte de Tabatinga até Manaus. “Aqui essa droga é entregue para o consórcio de compradores desse entorpecente”, explicou a secretária-executiva-adjunta de Inteligência da SSP-AM, delegada Tâmera Maciel.Com base nas informações fornecidas pelo operador de máquina, as equipes policiais conseguiram localizar cerca 500 kg de drogas escondidas na comunidade Paraná do Araçá. Os entorpecentes apreendidos são maconha tipo “skank” e pasta base de cocaína."Os traficantes costumam esconder as drogas em várias comunidades e não há uma área específica.

A droga veio da Colômbia, seria distribuída em Manaus e em cidades de outros estados", comentou a delegada. Marcel Prestes não quis comentar as acusações da polícia durante coletiva de imprensa, na manhã desta quinta-feira (2). O operador de máquina será indiciado por tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo de uso restrito.
Postar um comentário