sábado, 20 de maio de 2017

IMPEACHMENT CONTRA TEMER COMEÇA SER PROTOCOLADO.

Brasilia-DF-Politica.

O deputado Alessandro Molon (Rede-RJ) protocolou na Secretaria-Geral da Mesa da Câmara dos Deputados pedido de impeachment contra o presidente Michel Temer (PMDB). Segundo reportagem do jornal O Globo, Temer deu aval para que repasses de dinheiro fossem feitos para comprar o silêncio do ex-presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ). Um ex-assessor de Temer, o atual deputado federal Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR), aparece em imagens gravadas pela Polícia Federal recebendo uma mala com 500.000 reais.

“A espinha dorsal do governo foi quebrada hoje. O governo acabou”, disse o autor do pedido de impeachment.

No pedido de processo por crime de responsabilidade contra Temer, a Rede sustenta que “torna-se evidente que o presidente praticou conduto que se enquadra nos tipos mencionados [além de crime de responsabilidade, crime contra a probidade na administração], o que torna inevitável o recebimento da presente denúncia”.


Cabe agora ao presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), dar seguimento ao processo. A ação, a exemplo do que ocorreu com Dilma Rousseff, tem de passar por uma comissão especial antes de ir ao plenário. Já há na Câmara um pedido de impeachment de Temer. A ação, no entanto, jamais andou porque partidos aliados do peemedebista se recusaram a indicar membros para a comissão, o que inviabiliza os trabalhos.

Postar um comentário