domingo, 14 de maio de 2017

SUSPEITOS DE EXPLODIREM BANCO NA PB SÃO PRESOS ESCONDIDOS EM BAÚ DE CAMINHÃO

Bonito de Santa Fé-Politica.
G1 PB

Pelo menos cinco suspeitos de participação na explosão do Banco do Brasil, em Bonito de Santa Fé, foram presos na tarde deste sábado (13). No momento da prisão, os homens tentavam fugir da região em um caminhão do tipo baú e alguns deles estavam escondidos dentro do compartimento de carga. Ainda dentro do caminhão, a Polícia Milita encontrou uma moto que teria sido usada na ação e grampos.

As prisões ocorreram na cidade de Conceição, no Sertão paraibano. A Polícia Militar estava realizando abordagens a veículos, quando parou o caminhão e encontrou os suspeitos. Os homens foram levados para a Companhia de Polícia Militar, em Conceição, onde seguiam detidos até 18h40 deste sábado.

A explosão do banco ocorreu na madrugada deste sábado, em Bonito de Santa Fé. Um grupo de pelo menos 12 homens invadiu uma agência bancária e explodiu dois caixas eletrônicos. De acordo com a Polícia Militar, durante a ação os assaltantes chegaram a cercar as casas de todos os policiais do município para evitar que eles saíssem para a ocorrência.

O caso foi registrado por volta das 2h40. Moradores vizinhos da agência contaram que os assaltantes chegaram no banco em pelo menos três carros. Os homens quebraram a porta de entrada da agência e explodiram os caixas. Os suspeitos ainda tentaram abrir o cofre do estabelecimento, mas não conseguiram.

Ainda de acordo com a PM, durante a ação no banco, parte do grupo circulou pela cidade em motocicletas, atirando em prédios e na caixa d’água da cidade, além de parar em frente a casa dos policiais para impedir a saída dos PMs.

Depois de recolher o dinheiro dos dois caixas, cuja quantia não foi divulgada, o grupo fugiu se espalhando pelas estradas que dão acesso a outros municípios, espalhando grampos para dificultar a perseguição policial.

Segundo os dados do Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos Bancários na Paraíba (Seeb-PB), este é o 14º caso de explosão a banco registrado no estado em 2017, sendo o 25º caso de violência contra estabelecimentos bancários. De janeiro até este sábado, foram registrados ainda sete arrombamentos, dois assaltos e duas tentativas de assalto.

Postar um comentário