quinta-feira, 25 de maio de 2017

VEREADORA DIZ QUE NORDESTINO NÃO SABE FALAR BEM, MAS SABE ROUBAR


RS-Politica.

Vereadora disse que os “nordestinos não sabem falar muito bem, mas sabem roubar que é uma maravilha”
Vereadora disse que os “nordestinos não sabem falar muito bem, mas sabem roubar que é uma maravilha”
A vereadora e médica Eleonora Broilo (PMDB), do município de Farroupilha, no Rio Grande do Sul, durante sessão na Câmara Municipal da cidade disse que os “nordestinos não sabem falar muito bem, mas sabem roubar que é uma maravilha”.

Eleonora iniciou o pronunciamento dizendo que não concordava com nordestino fazendo política. “Eles sabem se unir para roubar, para ganhar propina e aumentar a corrupção, isso eu acho que eles são donos plenamente”





     Por Chagas Silva,DRT 1845/RN.

MINHA OPINIÃO
Nesse caso eu posso afirmar que ela talvez saiba roubar mais do os nordestinos sérios, o que ela esquece é que os nordestinos não são políticos assim como eu, ela esqueceu que politico de carteirinha é ela e não portando...
É por essas e outro de me envergonho de ser Brasileiro, por, mas orgulhos que de tenha do meu país,  os nosso políticos me levaram a me envergonhar.
Outra; també, é por essas descriminação praticados contra nós “Povo Nordestino” por canalhas como essa senhora, que devendo a Ditadura Militar no Brasil, só é quando nosso país tem ordem é quando o milico manda a Borracha pra cima nessa  corja de canalhas que denigrem a imagens e a decência do povo Nordestinos.
E para concluir, sou defendo a separarão do Brasil e o Nordeste se torne independente. Já que vocês sulistas defendiam a criação da tal Republica dos Pampas, o Nordeste seria uma nação. Conheça a letra de um dos mais belos poemas Nordestinos,
NORDESTE INDEPENDENTE

Escrito pelos poetas Composição: Braulio Tavares / Ivanildo Vilanova · Canta, Elba Ramalho




Já que existe no sul esse conceito
Que o nordeste é ruim, seco e ingrato
Já que existe a separação de fato
É preciso torná-la de direito

Quando um dia qualquer isso for feito
Todos dois vão lucrar imensamente
Começando uma vida diferente
De que a gente até hoje tem vivido
Imagina o Brasil ser dividido
E o nordeste ficar independente

Dividindo a partir de Salvador
O nordeste seria outro país
Vigoroso, leal, rico e feliz
Sem dever a ninguém no exterior

Jangadeiro seria o senador
O cassaco de roça era o suplente
Cantador de viola, o presidente
O vaqueiro era o líder do partido
Imagina o Brasil ser dividido
E o nordeste ficar independente

Em Recife, o distrito industrial
O idioma ia ser nordestinense
A bandeira de renda cearense
"Asa Branca" era o hino nacional

O folheto era o símbolo oficial
A moeda, o tostão de antigamente
Conselheiro seria o inconfidente
Lampião, o herói inesquecido
Imagina o Brasil ser dividido
E o nordeste ficar independente

O Brasil ia ter de importar
Do nordeste algodão, cana, caju
Carnaúba, laranja, babaçu
Abacaxi e o sal de cozinhar

O arroz, o agave do lugar
O petróleo, a cebola, o aguardente
O nordeste é auto-suficiente
O seu lucro seria garantido
Imagina o Brasil ser dividido
E o nordeste ficar independente

Se isso aí se tornar realidade
E alguém do Brasil nos visitar
Nesse nosso país vai encontrar
Confiança, respeito e amizade

Tem o pão repartido na metade
Temo prato na mesa, a cama quente
Brasileiro será irmão da gente
Vai pra lá que será bem recebido
Imagina o Brasil ser dividido
E o nordeste ficar independente

Eu não quero, com isso, que vocês
Imaginem que eu tento ser grosseiro
Pois se lembrem que o povo brasileiro
É amigo do povo português

Se um dia a separação se fez
Todos os dois se respeitam no presente
Se isso aí já deu certo antigamente
Nesse exemplo concreto e conhecido
Imagina o Brasil ser dividido
E o nordeste ficar independente

Povo do meu Brasil
Políticos brasileiros
Não pensem que vocês nos enganam
Porque nosso povo não é besta

Postar um comentário