segunda-feira, 5 de junho de 2017

ESTADO ISLÂMICO ASSUME AUTORIA DO ATAQUE DE LONDRES

Internacional-Policia.
Mulher cola cartaz com a frase: 'Londres: Ouse continuar amando', após atentado terrorista no centro da cidade (Foto: REUTERS/Peter Nicholls)
Mulher cola cartaz com a frase: 'Londres:
Ouse continuar amando', após atentado terrorista no centro da cidade
(Foto: REUTERS/Peter Nicholls)
O grupo Estado Islâmico (EI) assumiu neste domingo (4), por meio de sua agência Amaq, que o ataque de Londres foi promovido por soldados do grupo. O atentado deste sábado na London Bridge e no Borough Market deixou 10 mortos, entre eles 7 vítimas e 3 terroristas.
"Um destacamento de combatentes do Estado Islâmico promoveu o ataque de Londres ontem", diz a mensagem da Amaq, segundo Katz. A palavra "destacamento", ainda de acordo com a diretora, mostra que provavelmente o atentado foi coordenado com o grupo, e não apenas inspirado nele.
Vítima de ataque em Londres é socorrida (Foto: Daniel Sorabji/AFP)
Vítima de ataque em Londres é socorrida (Foto: Daniel Sorabji/AFP)
De acordo com a agência Reuters, o EI difundiu uma mensagem no sábado de manhã pelo aplicativo Telegram convocando seus seguidores a promover ataques com caminhões, facas e armas durante o Ramadã, mês sagrado de jejum e orações para os muçulmanos.
Veja FOTOS dos ataques em Londres.
Os terroristas envolvidos no ataque ainda não foram identificados. A polícia de Londres disse que vai divulgar seus nomes "assim que seja operacionalmente possível". O que se sabe é que três terroristas foram mortos pela polícia, mas não está claro quantos agiram no total e se alguém conseguiu fugir. Entre a primeira ligação aos serviços de emergência reportando o ataque e a morte dos três terroristas foram 8 minutos. Policiais dispararam 50 balas contra eles.
Uma testemunha disse à BBC que um dos terroristas gritou "isto é por Alá" enquanto atacava. Alguns usavam coletes com explosivos falsos, segundo os policiais.
O ataque
Por volta das 21h (horário local, 18h em Brasília), os terroristas atropelaram com uma van os pedestres que passavam pela London Bridge, um dos cartões-postais da cidade. Relatos de testemunhas apontam que a van deixou a área reservada aos veículos na ponte e avançou contra os pedestres na calçada a mais de 80 Km/h.

Depois os homens sacaram facas e passaram a atacar pessoas que estavam em bares e restaurantes nas proximidades do Borough Market.




Postar um comentário