quinta-feira, 15 de junho de 2017

ESSA POLEMICA AINDA VAI LONGE!

Por Chagas Silva, DRT 1845/RN.

PB-Eventos.



Marília Mendonça é detonada por Alcymar Monteiro: “Galinha Aqui Não Canta”
Essa polemica envolvendo a cantora Marilia Mendonça e o cantor Alcymar Monteiro ainda vão render muitas farpas, eu até entendo o Alcymar  mas em parte, eu faço parte do bloco de pessoas que entre eles o Alcymar, que defende a tese de que festa Junina é tradicionalmente feita a base de um bom acordeom e um ótimo forro tradicional, como sempre foi, e não com musicas sertaneja, até por que não vejo essa tal sertanejo chamado universitário como sertanejo, vejo sim, como um brega disfarçado.

No meu ponto de vista, o Alcymar errou num ponto, “Criar polemica contra a Marilia” ela esta apenas cumprindo um contrato celebrado entre dois empresários, o dela (Marilia), e o promotor do evento.
Fica aqui uma pergunta para o Alcymar, Será que, “ se o empresário do do forrozeiro Alcymar, celebra um contrato para que ele (Alcymar) se apresentar em uma festa de rodeio ele vai recusar...?


Lembre ou o que disse o Monteiro.

Rei do Forró ofende Marília Mendonça em redes sociais

Alcymar Monteiro gravou áudio que rola na net criticando duramente a cantora Marília Mendonça pela declaração dita em festa de São João no Recife, no ×m de semana: “Vaiter sertanejo no São João sim, viu?”

A provocação de Marília foi para Elba Ramalho, que no início de junho, em Caruaru, criticou a programação junina da sua cidade, Campina Grande (PB), quando disse: “Não tenho nada contra nenhum artista, contra nenhum sertanejo. Tem espaço pra tudo, no céu cabem todos os artistas, ninguém atropela ninguém. Porém, eu não toco na Festa de Barretos, Dominguinhos também não cantava. A festa é deles, é dos sertanejos, e eles têm bem essa coisa: essa área é nossa”.

No áudio de Alcymar Monteiro direcionado a Marília Mendonça, espalhado pelo grupo de WhatsApp Cantores de Forró da Velha Guarda, o forrozeiro chama a música dela de “‘breganejo’ horroroso pra cachaceiro”.

Em outro momento diz que vai baixar o nível, ao dizer que “galinha aqui não canta”. Mais de uma vez pede “Deixem a gente em paz” e “Vá cantar no seu Goiás”. “Vê se a gente canta lá no teu Goiás. Vocês não deixam!”, fala Alcymar, em outro momento, em sintonia ao que disse Elba Ramalho, sobre existir uma resistência lá à música daqui.

“Não fale mal de Elba Ramalho, que você não tem autoridade pra isso”, arrematou o cantor, em defesa da amiga.

Uol