sexta-feira, 16 de junho de 2017

RECÉM-NASCIDO É ACHADO NO CHÃO APÓS SER ABANDONADO PELA MÃE NO PARTO, NA PB

        PB-Policia.

Sem roupas e com início de hipoglicemia, o bebê foi socorrido pelo Samu para o Hospital e Maternidade Regional Santa Filomena, também em Monteiro, onde segue internado

Um menino recém-nascido foi encontrado abandonado, na manhã desta quinta-feira (15), por uma moradora do município de Monteiro, Agreste paraibano, a 310 quilômetros de João Pessoa. A criança teria sido abandonada pela mãe minutos após o parto e estava sem roupa e jogada no chão.


De acordo com a Polícia Militar (PM) em Monteiro, o bebê estava em um local próximo ao prédio da Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa) quando uma moradora o encontrou, acionando o Samu e a PM.

Sem roupas e com início de hipoglicemia por não ter se alimentado após nascer, o bebê foi socorrido pelo Samu para o Hospital e Maternidade Regional Santa Filomena, também em Monteiro.

Ao Portal Correio, a enfermeira Emanuele Pereira, uma das profissionais que cuidam do recém nascido, informou que a criança chegou à unidade em estado crítico, mas recebeu atendimento de emergência e cuidados especiais.

“Ele chegou aqui por volta das 11h50 e está bem de saúde agora. Nós o recebemos com princípio de hipoglicemia, já que ele não foi alimentado após o parto. Ele também foi abandonado diretamente no chão, sem nenhuma proteção, e tem leves edemas no corpo, mas não são graves. Outro problema que constatamos foi o cordão umbilical, que foi puxado após o parto. Porém, já limpamos o local e fizemos o procedimento correto. Pelas características, acreditamos que ele nasceu no início da manhã desta quinta e foi abandonado em seguida. Se não houvesse esse rápido socorro, ele não teria resistido”, contou a enfermeira.

Ainda segundo Emanuele Pereira, o bebê recebeu o nome provisório de David Emanuel, dado pelas profissionais da unidade, e vai permanecer na maternidade até decisão da Justiça.

“Já acionamos o Conselho Tutelar e a polícia para que ela investigue quem abandonou o bebê. É uma situação complicada, mas o importante é que ele está bem e sendo cuidado por nós. O que chamou minha atenção é que na semana passada sonhei que um bebê era abandonado e que nós [da maternidade] cuidávamos dele e isso realmente veio acontecer e no meu plantão. Estou feliz por poder cuidar e fazer parte da vida dele [do bebê]”, afirmou a enfermeira.

Em contato com o Portal Correio, a Polícia Civil de Monteiro afirmou que abriu procedimento para investigar o abandono do bebê e tentar descobrir a identidade da mãe.


Postar um comentário