domingo, 23 de julho de 2017

BRASIL; Marcos Valério cita Fernando Henrique Cardoso, Lula, José Serra e Aécio Neves.

BR-Politica.

Resultado de imagem para foto de marcos valerio

O
 marcos valerio empresário Marcos Valério, condenado pelo mensalão, disse à Polícia Federal, em delação premiada, ter intermediado contribuição de caixa dois da Usiminas para campanhas políticas entre 1998 e 2002, segundo informações do jornal “O Globo”, deste sábado (22).

De acordo com a reportagem, foi doado R$ 1 milhão, conforme valores da época, para a campanha pela reeleição de Fernando Henrique Cardoso (PSDB) em 1998 e o mesmo valor para as campanhas de Lula (PT) e José Serra (PSDB) à presidência em 2002 e para a campanha de Aécio Neves (PSDB) ao governo de Minas Gerais também em 2002.


Os valores foram autorizados pelo então presidente da Usiminas, Rinaldo Soares. A delação precisa ser homologada pelo Supremo Tribunal Federal (STF) para ter valor jurídico, acrescenta o jornal.




Postar um comentário