segunda-feira, 10 de julho de 2017

BRASILIA; Carmem Lúcia nega pedidos para suspender andamento de denúncia contra Temer.

DF-Politica.
LM_sessao-posse-Ministra-Carmem-Lucia-STF_003612092016-850x513
A presidente do Supremo Tribunal Federal, ministra Carmen Lúcia, rejeitou neste domingo (9) dois pedidos para suspender a tramitação da denúncia contra o presidente Michel Temer na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara.
O primeiro foi um pedido dos deputados Afonso Motta (PDT-RS) e André Figueiredo (PDT-CE) queriam suspender a tramitação até que o presidente da CCJ, Rodrigo Pacheco (PMDB-MG), colocasse em votação pedida para ouvir o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, sobre a denúncia.
O segundo pedido negado foi apresentado pelo deputado Alessandro Molon (Rede-RJ), com a mesma pretensão, de ouvir Janot. Ele alegou que o pedido foi enviado ao STF para "garantir o contraditório no processo e o princípio da igualdade entre as partes", pois o debate é "essencial" para os integrantes da CCJ decidirem sobre a denúncia.