segunda-feira, 31 de julho de 2017

BRASILIA; Sob pressão, Temer reedita discurso de Dilma pré-impeachment

DF-Politica.
© Reuters
Pouco mais de ano depois do impeachment de Dilma Roussef, o presidente Michel Temer terá uma semana decisiva, com a votação da denúncia contra ele marcada para a próxima quarta-feira (2), no plenário da Câmara.
O peemedebista é acusado pela Procuradoria-Geral da República de corrupção passiva, com base nas delações da JBS. Para seguir ao Supremo Tribunal Federal (STF), a quem cabe processar o presidente, são necessários 342 votos parlamentares.
No sufoco e correndo o risco de deixar a Presidência, Temer passou a reproduzir o discurso usado pela petista, quando da iminência de sua saída do cargo. Tem dito que a situação é injusta e que não renunciará. E não é só, o presidente, sob pressão, assim como sua antecessora, também tem cometido várias gafes.
Confira abaixo algumas frases de Dilma e Temer, levantadas pela Folha de S. Paulo:

MICHEL TEMER
"Não renunciarei, repito, não renunciarei. Sei o que fiz e sei da correção dos meus atos."
DILMA ROUSSEFF
"Jamais passou a renúncia pela minha cabeça. A renúncia passa pela cabeça deles, não pela minha"

MICHEL TEMER
"É claro que há um problema sério no país, vocês sabem disso. Há questões as mais variadas, que muitas vezes visam a desprestigiar a classe política. E todos precisamos resistir. Eu tenho resistido o quanto posso"

DILMA ROUSSEFF
"O que nós iremos fazer é resistir, resistir e resistir".



Postar um comentário