terça-feira, 11 de julho de 2017

RIO GRANDE DO NORTE; Concurso para mil vagas na PM não tem data para sair.

RN-Policia.

/index.php?option=com_content&view=article&id=20957&catid=54&Itemid=52

A realização de um novo concurso para a Polícia Militar do Rio Grande do Norte ainda está sem data definida para acontecer. O edital deveria ter sido publicado no mês de junho, mas a intenção do Governo Estadual em ampliar a oferta do número de vagas de 600 para 1.000 gerou novas demandas de ordem burocrática: está em curso, no Comando da PMRN, estudo para atestar a necessidade de pessoal e verificar tanto a viabilidade financeira, quanto a capacidade de dotação orçamentária e se a proposta cumpre a Lei de Responsabilidade Fiscal.
Também será feito um levantamento para identificar por quais motivos se deu o desfalque do atual efetivo. A Secretaria Estadual da Administração e dos Recursos Humanos (Searh), órgão responsável pela autorização para abertura de novos concursos, quer quantificar os policiais foram para a reserva (se aposentaram) na última década, quantos foram exonerados, transferidos e/ou morreram.
“Precisamos muito desse concurso, a necessidade de recursos humanos é urgente dentro do Polícia Militar do RN. Temos que partir para formação de novos policiais o quanto antes”, assegurou o Tenente Coronel Júlio César Vilela, assessor de comunicação da PMRN. Vilela explicou que após as demandas serem atendidas, o processo segue para a Searh que se encarrega pela publicação do edital do novo concurso.
Questionado se seria mais interessante ter mantido o cronograma inicial do concurso da PMRN para provimento das 600 vagas, para depois ser complementado, Vilela foi enfático: “A Polícia Militar não tem preferência pela forma como o concurso será realizado, o importante nesse momento é abrir o edital o mais breve possível. Vamos aplaudir do mesmo jeito se entrar 600 novos policiais agora, para depois fazer outro concurso ou criar um cadastro de reserva”.
      Da Tribuna do Norte