quarta-feira, 5 de julho de 2017

SÃO PAULO; Após nova decisão judicial, Abdelmassih deixa penitenciária

SP-Policia.
Essa é a terceira transferência do ex-médico desde o dia 24 de junho.
Roger Abdelmassih é transferido mais uma vez após decisão judicial

O ex-médico Roger Abdelmassih, de 74 anos, deixou a penitenciária de Tremembé, no interior de São Paulo, na noite desta terça-feira (4). Abdelmassih conseguiu o direito de voltar para a prisão domiciliar após ficar dois dias no presídio — um recurso do MP (Ministério Público) de São Paulo foi aceito pela Justiça e fez com que o ex-médico voltasse para a cadeia uma semana após conseguir o benefício da prisão domiciliar. Esta é a terceira transferência do preso desde 24 de julho, quando Abdelmassih foi cumprir pena em sua casa, em um bairro nobre de São Paulo, pela primeira vez.

A SAP (Secretaria da Administração Penitenciária) informou que deu autorização para a saída de Abdelmassih às 19h30, atendendo à determinação do Superior Tribunal de Justiça. Em nota, a secretaria declara ainda que o preso será monitorado por tornozeleira eletrônica, conforme determinação judicial. Ele deixou a penitenciária um pouco antes das 21h desta terça.

O novo pedido de liberdade feito pela defesa do ex-médico, condenado a 181 anos de prisão por 48 estupros de 37 pacientes, foi aceito pela presidente do tribunal, ministra Laurita Vaz. Ao julgar recurso, a ministra entendeu que houve um erro processual durante a tramitação da liminar — O MP de São Paulo nega qualquer equícovo.
Rede Unilar HS Moveis