quinta-feira, 31 de agosto de 2017

EM JOÃO PESSOA; Homem é baleado e morre à espera de ambulância.


PB-Policia.

Vítima foi baleada em Mangabeira e testemunhas afirmaram que teria havido demora no atendimento


Um homem foi morto após ser baleado na manhã desta quarta-feira (30) no bairro de Mangabeira, em João Pessoa. Testemunhas afirmaram que houve demora para a chegada de uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) ao local.

De acordo com a Polícia Militar, o homem foi baleado por dois homens em uma moto. Após efetuarem os disparos, a vítima tentou se esconder dentro de um mercadinho. Lá, foi solicitada a guarnição da Polícia Militar.

Ao chegaram ao local do crime, os policiais requisitaram uma ambulância do Corpo de Bombeiros, já que o senhor ainda estava vivo. Segundo o tenente-coronel Macena, dos Bombeiros, a ambulância chegou ao local em 22 minutos.

A coordenação do Samu informou que no momento do caso em Mangabeira, todas as ambulâncias do serviço estavam com macas retidas nos Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena e Hospital Edson Ramalho ou em ocorrência.

Segundo o Samu, às 11h40, o Hospital de Trauma já havia liberado as macas que estavam retidas no começo desta manhã, estando o Samu com macas retidas apenas no Hospital Edson Ramalho.

"Não há retenção de macas. Ocorre que em casos de pacientes graves e instáveis, o primeiro atendimento deve ocorrer nas macas das ambulâncias, sendo estas liberadas o quanto antes, conforme protocolo de atendimento hospitalar a pacientes graves, de acordo com portaria do Ministério da Saúde", explicou o Trauma em nota.

O Portal Correio tentou contato com a direção do Edson Ramalho, mas ninguém atendeu os telefonemas até a publicação desta matéria.


Luís Eduardo Andrade – Portal Correio