sábado, 12 de agosto de 2017

RADIALISTA É ASSASSINADO A TIROS EM MORADA NOVA.

 Morada Nova-CE-Policia.

O

 radialista Franzé Rodrigues foi assassinado a tiros no início da tarde desta sexta-feira (11), em Morada Nova, a 167 quilômetros da capital. O crime ocorreu quando o radialista descia de seu carro, em frente à casa da mãe dele, no bairro Açude Velho.


Radialista Franzé foi assassinado com tiro nas costas, diz secretaria (Foto: Arquivo pessoal)

Os assassinos seriam dois homens em uma moto, contaram testemunhas à polícia. A Delegacia Municipal de Morada Nova investiga as motivações do crime. Até o momento, nenhum suspeito foi preso.

Há cerca de 30 dias, Franzé deixou o programa que fazia ao lado do também radialista Raimundo Estrela, o “Caldeirão de Notícias”, na Rádio Liberal, de Morada Nova. Raimundo conta que ele chegou a dizer que temia ser assassinado, pedindo, inclusive, ajuda para contratar um serviço de segurança privada.

O programa que fazia é destinado a assuntos regionais, com forte ênfase em notícias políticas e policiais. Ao sair da rádio, Franzé passou a trabalhar em uma empresa de provedor de internet. Nas eleições de 2016, Franzé chegou a concorrer ao cargo de vereador, pelo PSD, mas não foi eleito.

Em 2011, ele havia sofrido uma tentativa de homicídio, levando tiros no momento em que colocava a moto na garagem de casa. Hospitalizado, conseguiu recuperar-se. Dois suspeitos de praticar o crime foram presos dois dias após o crime. À época, um dos suspeitos, Edvan da Silva, 27, mais conhecido como “Caju”, contou que o atentado foi uma vingança por uma abordagem policial que sofreu. Em depoimento, o suspeito disse que, duas semanas antes do crime, o radialista revelou o local onde Edvan morava.


Além disso, duas semanas antes da ação policial, Edvan também viu Franzé apontá-lo a outras pessoas. No dia do crime, afirma, ele havia ingerido bebida alcoólica e “criou coragem” para atirar em Franzé, tendo chamado um amigo para a ação.
  
Postar um comentário