domingo, 22 de outubro de 2017

EM GOIÂNIA; Corpos de estudantes mortos a tiros em escola são enterrados

GO-Policia.
A dor que as familias sentem ao ver um filho ser sepultado por obra e graça da violência desenfreado que impera, reina e manda no Brasil de agora, só sabe quem já viveu um momento assim, a cena na foto acima retarda bem o que falo.
E
 foi com forte comoção e com a presença de centenas de amigos e familiares, que os corpos dos estudantes João Pedro Calembo e João Vitor Gomes, vítimas de assassinato praticado por um colega da escola, foram enterrados neste
Dia 21, em cemitérios de Goiânia. Ambos contavam apenas 13 anos. Além deles, quatro colegas ficaram feridos no Colégio Goyases.
João Pedro  foi o primeiro a ser sepultado. A cerimônia ocorreu às 10h45 no cemitério Parque Memorial. Durante a cerimônia, a família fez orações e, por volta 9h, celebrou um culto em homenagem ao adolescente.
Durante o velório de João Pedro, o pai dele, o publicitário Luciano Marcatti Calembo em uma atitude nobre de um verdadeiro cristão disse perdoar, e espera que a sociedade também perdoe o garoto que tirou a vida do filho dele e do colega de sala, João Vitor. O publicitário Luciano Marcatti Calembo pediu que todos os pais "cuidem de seus filhos".
"Meu filho era uma criança muito doce, muito especial. Nossa família é cristã e ele sempre foi educado e pautado no respeito ao próximo. Os preceitos familiares estão perdidos na nossa sociedade, a gente tem que reforçar esses valores, e meu filho tinha tudo muito claro. Tudo isso poderia ser evitado".
É verdade, no dia em que os pais possam educar seus filhos e os criar conforme sua orientação, sem intromissão de quem quer que seja, talvez volte como era em minha infância.
Postar um comentário