quarta-feira, 18 de outubro de 2017

EM NATAL; Desembargadores confiaram e foram iludidos por Carla Ubarana, diz relatório

RN-POLICIA.
Fonte: Portal no Ar
O relatório do conselheiro Paulo Roberto Alves acerca do caso dos escândalos dos precatórios que será votado em sessão do Tribunal de Contas do Estado (TCE-RN) apontou que os desembargadores Osvaldo Cruz e Rafael Godeiro não participaram dos desvios ilegais de cerca de R$ 14 milhões, coordenado pela então chefe da Divisão de Precatórios, Carla Ubarana
Veja Também
“Confiaram na servidora Chefe da Divisão de Precatórios, como outros tantos confiaram, iludidos e ludibriados pela inteligência aguçada, ímpar perspicácia, conversa envolvente, audácia extremada e histórias engenhosamente arquitetadas”, reforça o conselheiro citando a decisão da 7ª Vara Criminal.
O relator comenta que Osvaldo e Rafael foram confiantes e não negligentes. “Não vislumbro nos autos elementos que levem à conclusão de terem agido com culpa reprovável os antigos presidentes e secretários-gerais do Tribunal de Justiça. (…) Não é possível responsabilizá-los por atos que não praticaram, e para cuja prática não concorreram com ação ou omissão sequer culposa”, conclui o relatório.
 


Postar um comentário