sábado, 4 de novembro de 2017

BRASILIA; Rafael Motta solicita informações a Petrobras sobre devolução da Refinaria Clara Camarão


DF-Politica.

A
Imagem relacionadanotícia da devolução da Refinaria Potiguar Clara Camarão (RPCC), em Guamaré, à Diretoria de Exploração & Produção da Petrobras e a possibilidade de redução na produção bem como de empregos fez com que o deputado Federal Rafael Motta (PSB) solicitasse informações a Petrobras a respeito da situação da Refinaria no Rio Grande do Norte.

O Requerimento de Informação (RIC) 3273/2017 foi protocolado na quarta-feira (1º) na Secretaria-Geral da Mesa (SGM) da Câmara dos Deputados e visa obter da Petrobras esclarecimentos a respeito desta devolução da Refinaria e quais os planos da empresa para o Rio Grande do Norte.

Além disso, esta decisão da Petrobras acarreta na mudança de classificação da RPCC para “Ativo Industrial de Guamaré“ e um dos principais impactos é a sua exclusão do Plano Estratégico e das discussões da Diretoria de Refino e Gás Natural.

Para Rafael Motta, é importante que a Petrobras apresente as informações que baseiam essa decisão da empresa uma vez que isso atinge diretamente a economia do Rio Grande do Norte. “É preciso haver amplo debate com as classes política e empresarial a respeito. Trata-se de um grande investimento que o nosso Estado não pode correr o risco de perder”, disse.


A medida trará incertezas quanto à futura capacidade de fornecimento para o mercado local, anulando a conquista concreta de uma operação lucrativa e com potencial de ocupar nichos do mercado regional altamente promissores, para os quais certamente não faltariam atrativos ao financiamento próprio ou externo à companhia.
Postar um comentário