sexta-feira, 3 de novembro de 2017

DF-Policia.

Padrasto é preso suspeito de agredir criança com mangueira na cidade de Mamanguape, na PB
Menino teria sido agredido depois de quebrar frasco de remédio, enquanto brincava em casa, diz PM
Uma criança de 9 anos foi agredida com uma mangueira depois que teria quebrado um fraco de remédio, enquanto brincava em casa na cidade de Mamanguape, no Litoral Norte da Paraíba. O crime foi registrado na noite desta quarta-feira (1º) e o suspeito da agressão é o padrasto do menino, um homem de 27 anos, que foi preso em flagrante. Comente no final da matéria.

De acordo com o major da Polícia Militar, Alberto Filho, moradores da rua onde a criança mora ligaram para a cooporação informando que a criança estava sendo agredida pelo padrasto de forma brutal. Quando a Polícia Militar chegou ao local, acompanhada do Conselho Tutelar, a criança estava saindo do banho. Ao ser questionada pelos policiais, a mãe da criança negou que ela tivesse sido agredida.

“Nós chegamos na casa e o menino estava saindo do banho. A mãe negou que o menino tivesse sido agredido. Quando pedimos para o menino afastar a toalha vimos que ele estava com o corpo todo marcado. Em conversa com policiais e com conselheiros o menino disse que essa havia sido a terceira vez que ele era agredido pelo padrasto com mangueiras”, explicou o major Alberto Filho.

O menino de 9 anos foi levado para um hospital de Mamanguape, onde passou por exames médicos para comprovar as agressões. A mãe e o padrasto foram levados para a delegacia de Polícia Civil da cidade de Mamanguape. O padrasto foi atuado em flagrante pelos crimes de maus tratos e lesão corporal.

O caso está sendo investigado pelo delegado da Polícia Civil, Wender Borges. O Ministério Público da Paraíba (MPPB) também foi informado sobre o caso. A criança agredida foi acolhida pelo Conselho Tutelar de Mamanguape e até a tarde desta quinta-feira (2) estava em um local de apoio oferecido pela entidade.
 

G1 PB
Postar um comentário