terça-feira, 19 de dezembro de 2017

BRASIL ENCERROU O ANO EM SEGUNDO NO RANKING DE MEDALHAS DA FEDERAÇÃO INTERNACIONAL DE JUDÔ (FIJ), ATRÁS APENAS DO JAPÃO.

BR-Esportes.
 Da tristeza à alegria: Érika Miranda é bronze no Mundial (Foto: Paulo Pinto / CBJ)
A entidade divulgou nesta segunda-feira a lista completa de medalhas da temporada. O número foi divulgado após o fim do Masters de São Petersburgo, última competição do ano no circuito mundial.

O Brasil conquistou 42 medalhas de ouro, 23 de prata e 38 de bronze, num total de 103 pódios. O Japão ficou em primeiro com 80 ouros, 37 pratas e 48 bronzes, e a França ficou em terceiro com 35 ouros, 38 pratas e 63 bronzes.

Nos rankings individuais, dois brasileiros aparecem em primeiro lugar: David Moura é o melhor na pesado masculino (+100kg), enquanto Érika Miranda é a número 1 na meio-leve feminino (52kg). Ao todo, o Brasil tem 10 judocas nos top 10 de suas categorias.


Rafel Silva aparece em quarto na categoria +100kg, Charles Chibana é o décimo no -66kg e Eduardo Yudi também aparece na mesma posição na categoria até 81kg. Nos rankings femininos, Stefannie Koyama é a oitava no ranking até 48kg, Rafaela Silva é a quarta na categoria -57kg, Maria Portela é a segunda no -70kg, Mayra Aguiar é a quarta no -78kg e Maria Suelen é a quinta na categoria +78kg.

Postar um comentário