terça-feira, 19 de dezembro de 2017

JUSTIÇA DO RN É A QUINTA QUE MAIS GASTA COM AUXÍLIOS A MAGISTRADOS

  SP-Politica.
Resultado de imagem para cifrão
Justiça do RN é a quinta que mais gasta com auxílios a magistrados no Brasil. Além dos salários de juízes, desembargadores e servidores, o Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte gasta quase R$ 18,5 milhões por ano com auxílios-moradia, saúde e alimentação pagos aos magistrados.

Com isso, a Justiça estadual fica em quinto lugar no ranking dos Tribunais que mais gastam com benefícios, de acordo com o Conselho Nacional de Justiça, que recebeu informações de todos os tribunais do país sobre salários e outras vantagens pagas.

Ao todo, o TJ estadual tem 247 magistrados com salários brutos de R$ 28.156,00, em média. Embora outros estados cheguem a gastar mais com auxílios, devido a quantidade de juízes e desembargadores que possuem, o RN fica em quinto colocado por causa do valor médio recebido mensalmente pelos seus juízes: R$6.241. Superam o TJRN os tribunais do Mato Grosso do Sul, do Amapá, do Maranhão e de Minas Gerais.

Os 27 Tribunais de Justiça em todo Brasil gastaram quase R$ 900 milhões com auxílio-moradia, auxílio-alimentação e auxílio-saúde a mais de 13 mil juízes.

Além das verbas recebidas mensalmente, os magistrados potiguares receberam em outubro deste ano auxílios-moradia retroativos ao período entre 2009 e 2014. Alguns deles chegaram a ganhar R$ 211 mil de uma só vez. Ao todo, foram gastos R$ R$ 39.548.370,68. Esse valor não entrou nessa conta.

 
Gastos anuais dos Tribunais de Justiça com auxílios-moradia, alimentação e saúde e a média paga a cada magistrado
Mato Grosso do Sul: R$ 21.742.764 (R$ 8.388 por magistrado)
Amapá: R$ 7.453.135 (R$ 7.861 por magistrado)

Maranhão: R$ 25.865.844 (média de R$ 6.589 por magistrado)
Minas Gerais: R$ 117.716.484 (média de R$ R$ 6.337 por magistrado)

Rio Grande do Norte: 18.496.932 (média de R$ 6.241 por magistrado)

Os 27 Tribunais de Justiça em todo Brasil gastaram quase R$ 900 milhões com auxílio-moradia, auxílio-alimentação e auxílio-saúde a mais de 13 mil juízes.

Além das verbas recebidas mensalmente, os magistrados potiguares receberam em outubro deste ano auxílios-moradia retroativos ao período entre 2009 e 2014. Alguns deles chegaram a ganhar R$ 211 mil de uma só vez. Ao todo, foram gastos R$ R$ 39.548.370,68. Esse valor não entrou nessa conta.



Postar um comentário