sábado, 2 de dezembro de 2017

RN; CHUVAS DEVERÃO SER MAIS INTENSAS A PARTIR DE 2018, PREVÊ METEOROLOGISTA

RN-CIDADES.
Resultado de imagem para fotos da cidade de acari com chhuva rn
O Rio Grande do Norte experimenta tendência de fim da seca e chuvas acima da média em 2018. A previsão é do PhD em Meteorologia Luiz Carlos Molion, feita no II Fórum das Águas, realizado nesta semana em Apodi. A estimativa do pesquisador, referência internacional em meteorologia, é que as chuvas no Estado sejam até 15% acima da média, no próximo ano.
O prognóstico de Molion não segue modelos climáticos, ao contrário de previsões mais usuais. “São ineficientes e cenários fictícios”, argumenta. Sua conclusão, sustenta, é embasada em cenários de similaridade, obtidos em dados pluviométricos dos últimos cem anos, que indicam semelhança com 1998 a 2001.
Naqueles anos, o Rio Grande do Norte também saiu de grave estiagem para boas chuvas. “Me arrisco a dizer que podem ser 15% acima da média em 2018 e 10% acima da média em 2019”, prevê Molion, que apresenta outras condições para subsidiar essa expectativa. Uma delas é a temperatura do Oceano Pacífico.
Caso esse cenário se concretize, o  desafio para o Rio Grande do Norte, segundo o especialista, é reservar água, embora trace um cenário positivo para a próxima década. Sua palestra no Fórum das Águas, focado na sustentabilidade, foi “Perspectivas Climáticas para a Safra 2017/2018 e os próximos Dez anos para Apodi”.


Postar um comentário