segunda-feira, 22 de janeiro de 2018

EM 10 ANOS, INDÚSTRIA PERDE 7,7% EM PARTICIPAÇÃO NO PIB DO RN

ECONOMIA.
Dados são da Confederação Nacional das Indústrias (CNI) e levam em conta o período de 2005 a 2015. Crise gerou 'desindustrialização', diz presidente da Fiern.

                            Por Igor Jácome, G1 RN
Setor de derivados de petróleo foi o que mais cresceu entre 2007 e 015: 10% (Arquivo: 01/12/2017) (Foto: Igor Jácome/G1)
Setor de derivados de petróleo foi o que mais cresceu entre 2007 e 015: 10% (Arquivo: 01/12/2017)
(Foto: Igor Jácome/G1)

A expectativa dele, porém, é que o setor possa ter uma melhora ao longo do ano, diante da queda dos juros, o que facilita a aquisição de crédito pelos investidores. (Produto Interno Bruto) do Rio Grande do Norte. Os dados são da Confederação Nacional da Indústria. Com R$ 51,2 bilhões, o estado ficou com o 10º menor PIB do país.

As estimativas, porém, são de que o resultado tenha piorado ao longo de 2016 e 2017. Isso porque, ainda de acordo com a CNI, a construção civil encabeçava a lista dos principais setores da indústria potiguar, sendo responsável por 37,1% de participação. Porém o setor passa por uma grave crise, segundo a vice-presidente do Sindicato da Construção Civil, Larissa Dantas Gentile.