quarta-feira, 31 de janeiro de 2018

HENRIQUE ALVES PODERÁ MESMO SER CANDIDATO A DEPUTADO FEDERAL NO ‘ACORDO LAVA JATO’


Politica.

Não é brincadeira, uma fonte segura informou que o ex-ministro do Turismo e ex-presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves, que está preso, estuda fortemente a possibilidade de ser candidato na eleição deste ano no ‘Acordo Lava Jato’ com Carlos Eduardo Alves, Garibaldi Alves Filho e José Agripino Maia. Henrique Alves avalia disputar uma cadeira na Câmara dos Deputados.

O fato dele está preso sob decretação de uma prisão preventiva, decorrente de medidas cautelares, não suspende seus direitos políticos. Advogados de Henrique Alves afirmam que mesmo ele sendo condenado em primeira instância antes da eleição, não haverá tempo para ele ser condenado em segunda instância, que, neste caso, impediria sua candidatura.

Os recursos são muitos, advogados de Henrique Alves garantem que ele estará legalmente apto para disputar a eleição, e caso seja eleito, o processo continuará, mas sem impedir dele exercer o mandato. Seus advogados esperam que as medidas cautelares sejam revogadas até o mês de abril.

Uma equipe de marqueteiros já está estudando seu marketing, que deverá apresentar depoimentos de testemunhas dos processos inocentando Henrique – o slogan já tem uma sugestão ‘O povo vai fazer justiça’, numa referência ao slogan ‘o povo fala por ele’ que ele utilizou na eleição de 1998 quando perdeu a voz em decorrência por causa de uma cirurgia nas cordas vocais.

Postar um comentário