quinta-feira, 11 de janeiro de 2018

NOVA ZELÂNDIA. MAIOR PAPAGAIO DO MUNDO NÃO VOA E SE ESCONDE DE PREDADOR EXTINTO

Internacional-Destaque.
Animal corre risco de extinção após chegada de predadores em seu habitat
 O Kakapo tem as asas atrofiadas por causa de seu peso elevado
O Kakapo é o maior papagaio do mundo e a melhor forma de classificá-lo é: desajeitado. Além de não conseguir voar, a ave pesa entre 3 e 4 quilos, o que talvez explique porque as asas dele não dão sustentação ao voo e servem apenas para equilibrar o animal enquanto ele caminha.
O peso e tamanho avantajado são típicos de animais que vivem em ilhas, onde o alimento é abundante e os predadores não são muitos. Isso contribuiu para o corpo pesado do Kakapo, cujo nome significa "papagaio da noite", na língua dos maori, o mais conhecido dos povos que habitam a Nova Zelândia.
Sua cabeça o faz ser apelidado de papagaio-coruja, e seus hábitos noturnos ajudam a fugir de predadores, embora seu cheiro agradável (descrito por cientistas como uma mistura de flores com mel) atraia mamíferos durante caçadas. Até hoje a espécie se esconde de seu antigo predador, a Águia-de-haast, extinta por volta de 1400 após sua presa ser intensamente caçada pelos nativos maori.
Os kakapo estão seriamente ameaçados de extinção. Em 2017, sua população foi contabilizada em 154 indivíduos vivos, todos monitorados por cientistas na natureza. Parte da culpa foi da população local, que os caçava para fazer adereços com suas penas, mas a introdução de predadores fez a contribuição mais significativa — gatos, ratos e furões, que chegaram com a colonização da região.

O kakapo foi tema de um documentário recente da rede BBC 2, que liberou um teaser que mostra as dificuldades enfrentadas pela espécie. A narração está em inglês, mas o vídeo já vale pelas imagens.
Postar um comentário