quarta-feira, 17 de janeiro de 2018

MINISTÉRIO DAS RELAÇÕES EXTERIORES ALERTA BRASILEIROS QUE EVITEM VIAGENS 'NÃO ESSENCIAIS' À VENEZUELA

GERAL.
Recomendação anterior era de manter 'alto grau de alerta' nas viagens ao país vizinho. Aumento no alerta de viagem se deve à crise de segurança na Venezuela, segundo o ministério.
O Ministério das Relações Exteriores aumentou o grau de alerta para brasileiros interessados em ir à Venezuela e recomendou que sejam evitadas as viagens "não essencias".
Até o início desta semana, a recomendação era para que as viagens ao país vizinho fossem feitas com "alto grau de alerta". A atualização foi feita, segundo o ministério, após postos diplomáticos do Brasil na Venezuela terem apontado uma piora nas condições de segurança do país.
Ainda de acordo com o ministério, o assassinato de um turista brasileiro por assaltantes na Venezuela no fim de semana não influenciou na recomendação de evitar viagens ao país. A pasta informou que a atualização no alerta de viagem ocorreria no início de semana mesmo se não houvesse a tragédia. Os assaltantes foram detidos nesta quarta-feira (17).
No sistema utilizado pelo Itamaraty, a recomendação de evitar viagens não-essenciais é a segunda mais restritiva. Fica atrás da recomendação "não viajar".

 Por G1, Brasília