segunda-feira, 19 de fevereiro de 2018

TRAFICANTE MORRE EM TROCA DE TIROS COM A PM; ÔNIBUS É INCENDIADO EM RETALIAÇÃO


RJ-POLICIA.
Criminoso que chefiava tráfico em comunidade da Zona Oeste foi um dos procurados pelas forças de segurança em operação no início do mês
Vitor Roberto da Silva Leite, o Da Mamãe, foi morto em tiroteio (Foto: Divulgação/Portal dos Procurados)
O traficante Vítor Roberto da Silva Leite, conhecido como Da Mamãe morreu, na tarde deste domingo (18), numa troca de tiros com policiais militares do 9º Batalhão (Rocha Miranda) no morro Jorge Turco, em Coelho Neto, na Zona Norte do Rio. Em retaliação, um ônibus foi queimado próximo à comunidade.
Em sua rede social, o Centro de Operações Rio orienta os moradores a evitarem a região da Avenida dos Italianos. Há interdições no local.
Chefe do tráfico do morro da Barão, na Praça Seca, na Zona Oeste do Rio, Da Mamãe foi um dos procurados pelas forças de segurança em uma operação em fevereiro deste ano.
A polícia tem informações de que Da Mamãe apoiou com homens e armas a invasão do traficante Hélio Albino Filho, o Lica, na comunidade do Bateau Mouche, na Praça Seca, em 2 de fevereiro.
Fuzil e granada apreendidos com o traficante Da Mamãe (Foto: Reprodução)
De acordo com informações de policiais, o Grupamento de Ações Táticas (GAT) foi deslocado à comunidade do Jorge Turco para encerrar com o baile Turco folia, que acontecia na comunidade. Segundo os policiais, houve uma troca de tiros entre PMs e traficantes. Da Mamãe foi morto no confronto.
Com ele foi apreendido um fuzil AR-15 com a inscrição “DMM” e uma granada.

Por G1 Rio