quinta-feira, 29 de março de 2018

LULA ENCERRA CARAVANA NO SUL EM ATO EM CURITIBA AO LADO DE MANUELA E BOULOS



CURITI B PR,
 Ex-presidente discursou nesta quarta-feira (28) e criticou ataques sofridos pela caravana.
Lula discursa na Praça Santos Andrade, em Curitiba, no encerramento da caravana nesta quarta-feira (28). (Foto: RPC/Reprodução)
Lula discursa na Praça Santos Andrade, em Curitiba, no encerramento da caravana nesta quarta-feira (28).
 (Foto: RPC/Reprodução)
 Lula discursa na Praça Santos Andrade, em Curitiba, no encerramento da caravana nesta quarta-feira (28). (Foto: RPC/Reprodução) Lula discursa na Praça Santos Andrade, em Curitiba, no encerramento da caravana nesta quarta-feira (28). (Foto: RPC/Reprodução)
O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva encerrou, nesta quarta-feira (28), a caravana pelos estados do Sul do Brasil. Em evento na Praça Santos Andrade, em Curitiba, Lula falou, entre outros assuntos, sobre os ataques sofridos pela caravana, na tarde de terça-feira (27), de acordo com o Partido dos Trabalhadores (PT).
Os pré-candidatos à Presidência da República Guilherme Boulos (PSOL) e Manuela D'Ávila (PC do B) participaram do ato, que começou por volta das 20h.
"Estão mais para fascistas ou qualquer outra coisa. Nós fomos para Foz do Iguaçu. Lá eles tacaram pedra. Fomos para Quedas do Iguaçu e Laranjeiras. Até que, em Laranjeiras tomamos o tiro", disse o ex-presidente.
A caravana do ex-presidente pelo Sul começou no dia 19 de março em Bagé, no Rio Grande do Sul e passou por cidades gaúchas e de Santa Catarina. No discurso, que durou cerca de 40 minutos, Lula citou lugares onde houve ataques com ovos e bloqueios de estradas durante a passagem da caravana.
Boulos e D'Ávila discursaram antes de Lula, e também criticaram as ações. "Essa gente já passou de qualquer limite, fazem apologia ao ódio, estão plantando as sementes do fascismo no nosso país", disse Boulos.

Postar um comentário