segunda-feira, 23 de abril de 2018

ABREU E LIMA CUSTOU 8 VEZES MAIS QUE TODOS OS ESTÁDIOS DA COPA


BR-ECONOMIA.
abreuelimavende-se
Após os governos Lula e Dilma enterrarem US$20,1 bilhões (R$68 bilhões) na refinaria mais cara do mundo, em Abreu e Lima, em Pernambuco, valor oito vezes maior que o custo global dos estádios construídos no Brasil para a Copa do Mundo de 2014, a Petrobras resolveu se livrar parcialmente desse encargo, vendendo 60% do seu controle no âmbito de uma proposta de parcerias que inclui outras três refinarias.

Todos os estádios para a Copa de 2014 custaram, somados, R$8,3 bilhões, segundo belanço divulgado pelo Ministério do Esporte em janeiro de 2015. Abreu e Lima consumiu o equivalente a R$68,04 bilhões, em meio ao período em que mais foram roubados recursos públicos na História, segundo demonstra a Operação Lava Jato, mas só consegue processar 100 mil barris por dia, e registrou em 2017 prejuízo de R$1,5 bilhão.

Outra comparação que impressiona: os governos do PT, que se apresntaram como defensores dos pobres e oprimidos, gastaram somente na refineria de Abreu e Lima mais que o dobro dos custos anuais do programa Bolsa Família.