sábado, 28 de abril de 2018

HOMEM TEM BRAÇO E TRONCO ENGESSADOS POR CIMA DE ROUPA EM UPA DE BH


BH-MG-SAÚDE 
Secretaria apura o ocorrido. Guarda Municipal disse que foi chamada por comerciante indignada, enquanto paciente de 61 anos demonstrava estar satisfeito

U
m senhor de 61 anos teve um dos braços e o tronco engessado por cima da roupa que usava, após atendimento em uma unidade municipal de saúde de Belo Horizonte.Um vídeo que mostra a situação está circulando nas redes sociais. A Secretaria Municipal de Saúde apura o ocorrido

De acordo com a Guarda Municipal, na tarde desta quinta-feira (26), agentes que faziam o patrulhamento no bairro Pompeia foram chamados por uma comerciante que se demonstrou indignada. Nas imagens, uma mulher aparece ao lado do homem, questionando o procedimento feito em uma Unidade de Pronto-Atendimento (UPA).

A Guarda Municipal esclareceu que o senhor estava lúcido, disse que se sentia satisfeito com o procedimento e dispensou o registro de boletim de ocorrência. Ele é morador da Vila São Rafael, no mesmo bairro.
Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, a imobilização de gesso era temporária e foi substituída por outro tipo.
 “A princípio, foi apurado pela SMSA [Secretaria Municipal de Saúde ], que foi feito um procedimento de imobilização temporária para atendimento de paciente com indicação cirúrgica. [...] O paciente já foi submetido a outro exame de raio X e já conta com outro tipo de imobilização. No momento, ele está sendo transferido para um hospital onde será operado”, disse em nota.
Questionado se a conduta de engessar sobre a roupa é normal, o órgão disse que abriu processo administrativo para apuração do caso. O homem foi atendido na UPA Leste, no bairro Pompeia.
G1 MG