quarta-feira, 18 de abril de 2018

MORADORES FICAM ILHADOS APÓS AÇUDE SANGRAR NA PARAÍBA

AGUIAR-pb-cidades.
Os alunos precisaram utilizar canoas para ir até as escolas, no município de Aguiar, no Sertão paraibano
Moradores da comunidade Lancha II, na cidade de Aguiar, no Sertão da Paraíba, ficaram ilhados neste fim de semana, após as grandes chuvas causarem a sangria no açude da região. De acordo com os moradores, cerca de dez famílias ficaram ilhadas e cinco delas foram desabrigadas contando apenas com a ajuda de parentes e familiares.
Os alunos precisaram utilizar canoas para ir até as escolas. Segundo o agente de manutenção do escritório da Cagepa, José Roberto Valdevino, o açude foi construído no final de 2016 e já no inverno do ano passado o acesso à comunidade ficou comprometido. Com as últimas chuvas a água ficou represada e inundou as casas.
Na construção do açude, a prefeitura de Aguiar não teria incluído o planejamento do acesso e nem a relocação das pessoas. Em nome dos moradores, o advogado Françualdo Alves da Silva denunciou o caso ao Ministério Público Estadual. Ele denuncia que as famílias estão totalmente desabrigadas, ilhadas, isoladas e desamparadas pelo poder público com suas casas totalmente submersas nas águas da represa do açude do açude.
O prefeito do município, Lourival Lacerda, informou que vem dando apoio as famílias e que uma delas foi relocada para uma casa alugada pela prefeitura. Os demais moradores estão nas casas de familiares. Houve a doação de cestas básicas e de canoas que foram liberadas para o local com a intenção de ajudar no transporte. Ele ainda informou que, inicialmente, a relocação estava no projeto, mas as famílias resistiram a sair do local. Atualmente o prefeito está construindo 25 casas para abrigar os moradores.
G1 PB

Postar um comentário