sexta-feira, 18 de maio de 2018

MARCELINHO PARAÍBA TEM PRISÃO DECRETADA POR ATRASO NO PAGAMENTO DE PENSÃO.


CAMPINA GRANDE-PB-POLICIAL.
Jogador defendeu a Seleção Brasileira e hoje atua no time do Treze, em Campina Grande.
A Justiça determinou a prisão do jogador de futebol Marcelinho Paraíba, que atualmente defende o time do Treze, em Campina Grande, por atraso no pagamento de pensão alimentícia. O mandado de prisão foi expedido pelo juiz Cláudio Pinto Lopes, da Vara da Família de Campina Grande, no dia 11 de maio, mas só foi tornado público nesta sexta-feira (18).
Marcelinho tem 43 anos de idade e foi destaque defendendo a Seleção Brasileira e equipes como o São Paulo, o Grêmio e o Herta Berlim, da Alemanha.
O juiz determina que Marcelinho seja recolhido por 30 dias ao Presídio Agnelo Amorim, conhecido como Presídio do Monte Santo, em Campina Grande, e ainda intima o Treze a descontar o valor devido diretamente no salário do atleta.
O G1 tentou contato com o advogado Afonso Vilar, que representa o jogador, mas a secretária dele afirmou que ele só iria se pronunciar no fim da tarde.
O advogado do Treze, Jorge Ramalho, afirmou que o clube ainda não foi notificado, mas que vai cumprir qualquer decisão judicial.
Marcelinho Paraíba não viajou com a delegação do Treze, que deixou Campina Grande no começo da tarde desta sexta-feira (18) com destino a Maceió para uma partida contra o Santa Rita de Alagoas, pela Série D do Campeonato Brasileiro. Na quinta-feira, ele já havia faltado à atividade do time, alegando problemas pessoais.
   G1 PB



Postar um comentário