sexta-feira, 29 de junho de 2018

CHAPAS DE ROBINSON E CARLOS EDUARDO DEVEM SER ENCAMINHADAS NESTA SEXTA


RN-politica.
Encontro no PSDB deve oficializar o apoio a Robinson Faria, enquanto reunião do grupo MDB-PDT-DEM deve confirmar chegada do PODEMOS e talvez do PROS
Os dois grupos políticos se reúnem nesta sexta-feira, 29, José Aldenir/Agora Imagens

Ciro Marques
O eleitor potiguar deve começar nesta sexta-feira, 28, a ter uma noção melhor das chapas que deverão ser formadas para as disputas eleitorais deste ano no Rio Grande do Norte. Isso porque dois grupos importantes se reúnem para fechar acordos e, provavelmente, encaminhar as chapas que deverão ser fechadas na primeira semana de agosto, que é o período final para as convenções partidárias.
Dentre os grupos que se reúnem nesta sexta, está o encabeçado pelo PSDB, que contém também o PP e o PR. O encontro deverá ser para oficializar o nome do ex-governador Geraldo Melo como opção tucana para ocupar a vaga de senador da chapa de reeleição de Robinson Faria (PSD). A ideia é reunir prefeitos da legenda também participaram das discussões e apoiaram as diretrizes partidárias e deixaram o encaminhamento das decisões para a Executiva Estadual.
“O PSDB é um partido forte e que cresceu por ouvir as bases e respeitar democraticamente suas lideranças. Ouvimos todos os nomes que vão concorrer às eleições estaduais deste ano, sentamos com os prefeitos que integram a legenda e vamos levar o encaminhamento da sigla para a reunião da Executiva Estadual, que é integrada pelos deputados, prefeitos, vice-prefeitos e nomes que fazem o PSDB do Rio Grande do Norte”, informou o deputado Ezequiel Ferreira de Souza, que preside o partido no Estado.
Do outro lado, a chapa encabeçada por Carlos Eduardo Alves, pré-candidato ao Governo pelo PDT, deve oficializar a chegada ao grupo do deputado federal Antônio Jácome (PODEMOS), que será levado a condição de pré-candidato ao Senado, ao lado de Garibaldi Alves Filho (MDB). O atual senador José Agripino deve ir para a disputa pela Câmara dos Deputados, mas se mantendo no grupo.