sexta-feira, 1 de junho de 2018

CORTES NA EDUCAÇÃO E SAÚDE VÃO PAGAR CONTA DO DIESEL


BR-ECONOMIA.

Após dez dias de bloqueios em rodovias de todo o país, a greve dos caminhoneiros chegou ao fim.
IMAGEM_NOTICIA_1

Mas, para compensar a redução de R$ 0,46 no preço do litro do diesel, que terá impacto de R$ 9,6 bilhões no Orçamento, o governo cortou gastos em quase todas as áreas, incluindo saúde, educação, programas sociais e infraestrutura.

E elevou impostos para exportadores, setor químico e indústria de refrigerantes.

O presidente Temer sancionou a reoneração da folha de pagamentos de 28 setores, e incluiu outros 11 segmentos que antes teriam alívio até 2020.

OBS.
O que será que esse monstro ainda pensa em cortar na saúde, já que essa não tem mais porra nenhum. O que esse penaca tinha que fazer era cortar as mordomias e mimos de políticos e no setor Judiciário