domingo, 3 de junho de 2018

EM NOITE E MADRUGADA VIOLENTAS, CINCO SÃO MORTOS A TIROS NA ZONA NORTE DE NATAL


Rn-policial.
Em dois casos, homens morreram em confronto com policiais militares.
 Com um dos suspeitos mortos, policiais apreenderam um revólver calibre 38 com quatro munições deflagradas e duas intactas. Dentro de uma bolsa, foram encontradas mais oito munições intactas (Foto: PM/Divulgação)

Cinco pessoas foram mortas a tiros durante a noite do sábado (2) e madrugada deste domingo (3) na Zona Norte de Natal – entre elas estão dois homens baleados em confrontos com policiais militares. Com eles foram apreendidos dois revólveres e várias munições deflagradas.

Pajuçara
O primeiro morto da noite foi identificado como Cleiton Eduardo Teixeira de Oliveira, de 25 anos. Ele trocou tiros com policiais militares por volta das 18h30 na Rua Padre Vilela, no bairro Pajuçara. Com o suspeito foram apreendidos um revólver calibre 38, quatro munições deflagradas e duas intactas.

Consta em relatório que uma guarnição estava em patrulhamento quando se deparou com dois suspeitos a pé. Quando a equipe se aproximou para fazer a abordagem, ambos correram. Um conseguiu fugir, mas Cleiton tentou se esconder em uma casa. Durante a fuga, ele atirou contra os policiais que o perseguiam. No revide, foi atingido. Os PMs disseram que o suspeito ainda foi levado para o Hospital Santa Catarina, onde acabou morrendo.

Duplo homicídio
O segundo caso da noite foi um duplo homicídio. Aconteceu por volta das 20h30 na Avenida João Medeiros Filho, próximo da Delegacia de Plantão da Zona Norte. As vítimas foram identificadas como Júlio Douglas Fonseca da Silva e Fernando da Silva Alves, ambos de 26 anos.

Segundo relatório da PM, os dois foram baleados em frente a um carrinho que vende cachorro-quente. Dois homens se aproximaram, atiraram e fugiram em uma motocicleta. O SAMU foi chamado, mas quando os socorristas chegaram as vítimas já estavam mortas. Não há informações sobre a motivação do crime nem pistas dos assassinos.

José Sarney
O segundo confronto com a PM aconteceu por volta das 19h20. Foi na travessa Vale do Sol, no loteamento José Sarney, no bairro Lagoa Azul. Também segundo relatório da PM, Anderson Vinícius de Macêdo Bezerra, de 20 anos, atirou contra um carro da Polícia Militar que fazia um patrulhamento de rotina na área.


Ainda de acordo com o relato dos policiais, o suspeito correu depois dos disparos e pulou o muro de uma casa. Os policiais o perseguiram e também pularam o muro da residência. Foi quando houve a troca de tiros.

Baleado duas vezes, Anderson ainda chegou a ser socorrido para o Santa Catarina, mas não resistiu. Com ele os policiais apreenderam um revólver calibre 38 com quatro munições deflagradas e duas intactas. Dentro de uma bolsa, foram encontradas mais oito munições intactas.

Pagode
A quinta vítima foi Anderson Brito Farias, de 29 anos, morto já na madrugada deste domingo. O crime aconteceu por volta das 4h na Rua Ingazeiro, no bairro Potengi. Segundo relatório, ele havia saído de um pagode próximo da Churrascaria Gaúcha, que fica na Avenida João Medeiros Filho, quando um homem se aproximou e fez os disparos.

Testemunhas disseram à PM que o assassino também estava no pagode, e que teria perseguido Anderson juntamente com uma outra pessoa. Porém, ninguém soube dizer o motivo do crime. Sabe-se apenas que ambos fugiram em um carro.

Postar um comentário