sexta-feira, 1 de junho de 2018

PARENTE PEGOU O BONÉ DA PETROBRAS E DEVOLVEU A TEMER.


PEDRO PARENTE PEDE DEMISSÃO DA PETROBRAS
br-POLITICA.
Resultado de imagem para logo da Petrobras

O presidente da Petrobras, Pedro Parente, naõ resistiu a greve dos petroleiros  e saiu de lado, o mesmo pediu demissão na manhã desta sexta-feira (1º).
Segundo informações vindas no bojo de um comunicado da estatal, a nomeação de um CEO interino será examinada ao longo do dia pelo Conselho de Administração.
Ainda de acordo com o comunicado, a diretoria executiva da companhia não passará por nenhuma  modificação.
TEMER DESCASCANDO UM ABACAXI, MAS AINDA ESTUDA NOME PARA A PRESIDÊNCIA DA BR.
O presidente Michel Temer diante de forte abacaxi e ainda sem uma solução,  estuda um nome para nomear presidente da BR, em substituição a Pedro Parente na presidência da Petrobras. Parente se apresentou na sala grande da presidência, onde foi ter dois dedos de prosa com Temer, e já com a carta de demissão pronta e em “caráter irrevogável e irretratável” – o que colocou sobre os ombros do Palácio do Presidente o peso de administrar mais este problema, com grandes repercussões no mercado interno e externo.
Isso quando o governo mal havia contornado as turbulências provocadas em todo o país pela greve dos caminhoneiros. Ou seja: os momentos de grande tensão continuam nas mãos do presidente, para que este  administre-os, já que se trata de sua maior estatal.