sexta-feira, 8 de junho de 2018

SANTO ANTÔNIO E MAIS DE 100 CIDADES DO RN PODEM TER SURTO DE DENGUE, APONTA MINISTÉRIO DA SAÚDE



RN-SAÚDE.
Levantamento divulgado nesta quinta-feira (7) pelo Ministério da Saúde mostra que 106 dos 167 municípios do Rio Grande do Norte correm alto risco de enfrentar surto de dengue, zika e chikungunya no próximo verão. Os dados foram extraídos do Levantamento Rápido de Índices de Infestação pelo Aedes aegypti (LIRAa).

Segundo o LIRAa, as cidades de Jucurutu (24,8), Acari (23,5), Pilões (21,2), Canguaretama (21,0) e Marcelino Vieira (20,5) são as mais propensas a propagar o Aedes aegypti no estado. Os cinco municípios, inclusive, integram o ‘top 10’ nacional. Jucurutu é a segunda cidade brasileira com maior risco de surto das doenças transmitidas pelo mosquito, ficando atrás apenas de Itiúba, na Bahia. A classificação de risco indica que a partir da ‘nota’ 4 a probabilidade de infestação é altíssima.

Grossos, Itajá, Riacho de Santana, Major Sales, Ipueira, São Pedro, São José do Mipibu, Lagoa Salgada, Pedro Velho, Tibau, Rio do Fogo, Vila Flor, Extremoz e Vera Cruz são os únicos municípios potiguares com resultados satisfatórios, indica o relatório. Todos ganharam ‘nota’ abaixo de 1. Outras 43 cidades estão em alerta. Estas obtiveram avaliações entre 1 e 3,9 e devem persistir em atenção máxima para evitar eventuais surtos.