quinta-feira, 26 de julho de 2018

MÉDICO DO HOSPITAL REGIONAL DE GUARABIRA MORRE EM JOÃO PESSOA


PB-SAÚDE.
De acordo com informações de colegas de trabalho, Dr. Mário morreu de falência múltipla dos órgãos
Faleceu na UTI do Hospital Memorial São Francisco, em João Pessoa, o médico intensivista Dr. Mário Lemos, aos 70 anos. De acordo com informações de colegas de trabalho, Dr. Mário morreu de falência múltipla dos órgãos.
O médico trabalhava na UTI do Hospital Regional de Guarabira e último plantão dele foi na última quinta-feira (19). No domingo (22), passou mal e foi levado às pressas ao hospital. Exames avançados diagnosticaram que ele estava com uma bactéria nos rins.
Outras informações apontam que Dr. Mário teria tiro infecção urinária, provocando sepse, um conjunto de manifestações em todo organismo, causando sua morte.
Ainda segundo informações de pessoas próximas da família, o quadro evoluiu para pior, ele foi levado para a UTI e nesta quarta-feira (25) foi constatada morte por falência múltipla dos órgãos.
Natural do Pará, era radicado na Paraíba desde muito anos e morava em João Pessoa, onde constituiu família e fez muitos amigos durante sua carreira na medicina.
Portal 25 HorasDe acordo com informações de colegas de trabalho, Dr. Mário morreu de falência múltipla dos órgãos
Faleceu na UTI do Hospital Memorial São Francisco, em João Pessoa, o médico intensivista Dr. Mário Lemos, aos 70 anos. De acordo com informações de colegas de trabalho, Dr. Mário morreu de falência múltipla dos órgãos.
O médico trabalhava na UTI do Hospital Regional de Guarabira e último plantão dele foi na última quinta-feira (19). No domingo (22), passou mal e foi levado às pressas ao hospital. Exames avançados diagnosticaram que ele estava com uma bactéria nos rins.
Outras informações apontam que Dr. Mário teria tiro infecção urinária, provocando sepse, um conjunto de manifestações em todo organismo, causando sua morte.
Ainda segundo informações de pessoas próximas da família, o quadro evoluiu para pior, ele foi levado para a UTI e nesta quarta-feira (25) foi constatada morte por falência múltipla dos órgãos.
Natural do Pará, era radicado na Paraíba desde muito anos e morava em João Pessoa, onde constituiu família e fez muitos amigos durante sua carreira na medicina.
Portal 25 Horas