quinta-feira, 9 de agosto de 2018

BOQUEIRÃO SEGUE PERDENDO ÁGUA, MAS CAGEPA DESCARTA RACIONAMENTO


 PB-CIDADES.



Bombeamento de água do eixo leste da transposição do São Francisco para o açude está suspenso desde maio deste ano
Resultado de imagem para imagens atuais do açude epitacio pessoa pb 
O açude Epitácio Pessoa, mais conhecido como Boqueirão, segue perdendo água e chegou, nesta quarta-feira (8), a 31,12%, que é equivalente a 128,13 m³ do seu volume total. O bombeamento de água do eixo leste da transposição do São Francisco para o açude está suspenso desde maio deste ano, devido à continuidade de obras nas cidades de Poções e Camalaú.

Rede UnilarA situação preocupa o vereador Márcio Melo Rodrigues, que é vice-presidente da Câmara Municipal de Campina Grande, e moradores da região, que temem a possibilidade do racionamento voltar. Márcio destacou que as comportas de Boqueirão ainda continuam abertas, agravando o quadro. “Não somos contra abastecer outros municípios com as águas e Boqueirão, mas que as autoridades se movimentem para solucionar a questão com a máxima rapidez”, disse.


Porém, segundo Ronaldo Menezes, gerente da Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa), por enquanto não há risco. “Para que haja racionamento, é necessário que a Agência Nacional das Águas (ANA) reduza o valor autorizado da vazão a ser retirado do açude Boqueirão por parte da Cagepa. Não houve nenhuma modificação na última resolução, ou seja, seguimos o abastecimento sem racionamento”, explicou.

O açude de Boqueirão abastece Campina Grande e mais 18 cidades e depende da chuva para continuidade de abastecimento. Outro problema enfrentado é a qualidade da água, que foi questionada após consumidores sentirem cheiro e gosto.

Isis Vilarim - Portal Correio