quarta-feira, 1 de agosto de 2018

JUÍZES AUMENTAM PRESSÃO POR REAJUSTE SALARIAL


BR-ECONOMIA.
Imagem cedida.
Com a volta do recesso do Supremo Tribunal Federal (STF), os juízes vão intensificar a pressão para garantir aumento salarial em 2019. É defendido um reajuste de 16,38% aos ministros da Corte, o que provocaria um efeito cascata no Judiciário e em outros Poderes — já que o salário dos magistrados corresponde ao teto remuneratório constitucional.
Estimativas preliminares apontam que a despesa com a folha de pagamento pode subir R$ 3 bilhões.
Analistas afirmam que toda a iniciativa privada perdeu poder de compra nos últimos anos e que o pedido está fora da realidade brasileira.
Atualmente, a remuneração dos ministros é de R$ 33,7 mil, representando 35 vezes acima do salário mínimo, de R$ 954. Considerando o rendimento médio dos trabalhadores, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), que é de R$ 2.169, o ganho mensal dos ministros é 15 vezes maior
Deu no Correio Braziliense