sábado, 25 de agosto de 2018

PACIENTES DIVIDEM ENFERMARIA DE HOSPITAL COM CORPO DE HOMEM MORTO, EM PATOS, PB


PB-CIDADES.
Fonte; G1 PB
Hospital alegou que o corpo do paciente permaneceu no local porque os familiares dele moram em outra cidade e demoraram a se deslocar até o local
Homem morre e corpo fica mais de 10 horas no meio de pacientes na enfermaria em Patos
Um homem morreu por volta das 23h45, da quarta-feira (22), no Hospital Regional de Patos, no Sertão da Paraíba, e o corpo permaneceu em uma das enfermarias da unidade hospitalar por mais de 10 horas. O corpo de Antônio Leite de Sousa, de 53 anos, só foi retirado do local no fim da manhã da quinta-feira (23).
Familiares de outros pacientes que dividiam o espaço com o corpo, que já estava ensacado, denunciaram o caso através de redes sociais. Segundo o hospital, a retirada só poderia ser feita com a presença de algum parente do falecido.
De acordo com o hospital, o homem deu entrada na unidade de saúde no último dia 18 de agosto. Ele apresentava um quadro de dor abdominal, insuficiência cardíaca e hipertensão que se agravou e o levou à morte.
Em nota divulgada pela assessoria de comunicação, o hospital justificou que a retirada do corpo não foi feita porque nenhum familiar do homem tinha chegado ao local. Ainda segundo a publicação, os parentes não haviam chegado porque moravam em outra cidade e garantiu que a unidade hospitalar vai reforçar cuidados para que a situação não aconteça novamente.