quinta-feira, 30 de agosto de 2018

PLANO DE SAÚDE VAI PAGAR TRATAMENTO PARA PACIENTE COM DEPRESSÃO.


PB-SAÚDE
Tratamento foi assegurado mesmo não constando no rol de procedimentos e eventos estabelecidos pela ANS
Resultado de imagem para símbolo da saúde
A Defensoria Pública da Paraíba, através do Núcleo de Defesa do Consumidor (Nudecon), conseguiu na Justiça que uma operadora de plano de saúde de João Pessoa assuma as despesas com sessões de eletroconvulsoterapia de uma paciente com depressão profunda, mesmo não constando no rol de procedimentos e eventos estabelecidos pela Agência Nacional de Saúde (ANS). O tratamento é indicado para quadros de depressão grave, risco de suicídio iminente, situações em que o paciente não responde a antidepressivos ou não pode ingeri-los.
De acordo com o coordenador do Nudecom, Manfredo Rosenstock, a eletroconvulsoterapia, embora não seja uma novidade, voltou a ganhar importância nos últimos anos no tratamento da depressão, especialmente em pacientes com risco de suicídio. “Tem sido indicado em casos graves e se mostrado muito eficaz. No exterior, já é muito comum o seu uso em pacientes com potencial de suicídio e aqui no Brasil é algo crescente”, disse.

Fonte. Portal Correio