quinta-feira, 14 de março de 2019

CARDEAL GEORGE PELL PEGA 6 ANOS DE PRISÃO POR PEDOFILIA

POLICIA.
A Justiça da Austrália fixou nesta terça-feira (12) a pena de seis anos de prisão ao cardeal George Pell. O religioso, ex-chefe das finanças do Vaticano, foi preso no fim de fevereiro por pedofilia. Além disso, na sentença, o juiz Peter Kidd disse que o clérigo será registrado como "criminoso sexual" pelo resto da vida.

Pell, antigo número 3 da hierarquia do Vaticano, é acusado de abusar de dois garotos na década de 1990 em Melbourne. As vítimas participavam do coral da Catedral St. Patrick, em Melbourne, sul da Austrália.

O religioso havia sido condenado em 27 de fevereiro e foi preso no mesmo dia. Ele alega inocente e entrou com recursos, que, de acordo com a Reuters, devem ser analisados em junho.

O cardeal foi prefeito da secretaria de Assuntos Econômicos e o eclesiástico de maior graduação já acusado de abuso sexual. Ele foi arcebispo de Melbourne entre 1996 e 2001 e depois se tornou arcebispo de Sidney até 2014, quando foi para o Vaticano, convocado pelo Papa Francisco para administrar as finanças da Igreja Católica.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

É livre o direito de pensamentos, todos nós temos o direito de expressar nossas ideias e pensamentos deste que respeitando o direito e a moral dos demais.

Lembrando que a responsabilidade dos Comentários e de quem posta.

Chagas Silva