terça-feira, 5 de março de 2019

PORTELA E MANGUEIRA SE JUNTAM A SALGUEIRO E VIRADOURO NAS FAVORITAS


RJ-EVENTOS.
Vila Isabel e Mocidade também foram destaques da segunda noite de desfiles do Grupo Especial, que ainda teve irreverência crítica da São Clemente
RIO DE JANEIRO
Camila Juliotti e Thiago Calil, do R7
Desfile da Mangueira mostrou a história do país por outro ângulo
A importância do Carnaval como instrumento de luta e preservação da cultura ficou clara na avenida na madrugada desta terça-feira (5), na segunda noite de apresentações do Grupo Especial carioca. Portela, homenageando Clara Nunes, e Mangueira, dando o devido valor aos heróis brasileiros, emocionaram o público e proporcionaram grandes espetáculos para admiração e reflexão.
As duas se juntam a Salgueiro e Viradouro entre as favoritas a levar o campeonato de 2019 amanhã (6).
Rede UnilarA escolha de Clara Nunes para a Portela não foi ao acaso. A cantora era apaixonada pela escola de Madureira e enalteceu a azul e branco em sua obra. Já a Mangueira colocou a Sapucaí para cantar e repensar tudo o que já ouviu sobre a história do Brasil. Para isso, usou alegorias provocativas sobre índios, negros e outros heróis do nosso povo.
Antes delas, a Vila Isabel fez um desfile grandioso e marcado pelo luxo. O que pode dificultar a vida da escola, no entanto, foi o estouro em um minuto do tempo máximo permitido para a apresentação.
Outro destaque da noite ficou por conta da São Clemente, que riu e fez piada das trapalhadas do próprio Carnaval. Foi um desfile leve, irônico e não menos provocativo. Já a Mocidade Independente de Padre Miguel, que encerrou a série de desfiles, fez bonito para falar sobre o tempo e deve ser outro nome da briga pelo topo do ranking de 2019.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

É livre o direito de pensamentos, todos nós temos o direito de expressar nossas ideias e pensamentos deste que respeitando o direito e a moral dos demais.

Lembrando que a responsabilidade dos Comentários e de quem posta.

Chagas Silva