domingo, 14 de abril de 2019

CRISE NA AVIANCA AFETARÁ 3 MIL PASSAGEIROS ATÉ QUARTA


Estimativa de impacto foi repassada a autoridades em Brasília. Previsão é de cancelamento de 180 voos nos próximos quatro dias.
CHRISTINA LEMOS
Do R7
Empresa foi obrigada a devolver 10 aviões até domingo.
Empresa foi obrigada a devolver 10 aviões até domingo



BR-JUSTIÇA-A devolução de 10 aeronaves, por falta de pagamento do contrato de leasing com os proprietários, levará ao cancelamento de 180 voos da Avianca até esta quarta-feira.

A determinação judicial de reintegração de posse, confirmada pelo presidente do Superior Tribunal de Justiça, ministro João Otávio de Noronha, afetará cerca de três mil passageiros nos próximos quatro dias. A estimativa foi repassada pela própria empresa aos órgãos de controle do setor e de defesa do consumidor, em Brasília: Anac, Senacon e Procon.

A promessa da Avianca é reacomodar os passageiros em empresas aéreas como Gol e Azul, mas as autoridades do setor são céticas quanto a esta possibilidade. Por meio de nota, a Avianca também se comprometeu a reembolsar os passageiros que forem prejudicados. O site Reclame Aqui registrou quase 500 reclamações contra a empresa nos primeiros dez dias de abril. Mais de 40% delas estavam relacionadas ao cancelamento de vôos.

Insolvência - A Avianca ainda argumentou junto ao STJ que a devolução das aeronaves em período tão curto de tempo comprometeria as chances de recuperação da empresa e pode afetar os consumidores. Segundo a Avianca, o cancelamento de vôos por insolvência da operadora dispensa a empresa de reacomodar passageiros em outras companhias. O argumento não foi acatado pelo STJ.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

É livre o direito de pensamentos, todos nós temos o direito de expressar nossas ideias e pensamentos deste que respeitando o direito e a moral dos demais.

Lembrando que a responsabilidade dos Comentários e de quem posta.

Chagas Silva