99.5FM Currais Novos - RN

quarta-feira, 2 de dezembro de 2015

Três funcionários do Governo do Estado morrem em acidente na BR-304

Angicos-RN-Transito.


Três funcionários da Secretaria Estadual de Infraestrutura morreram em um acidente na BR-304, na entrada do município de Angicos, distante 171 quilômetros de Natal.

A colisão frontal, entre dois veículos, um carro do tipo Gol, que pertence ao Estado, e uma S-10, aconteceu na tarde desta segunda-feira (30). A Polícia Rodoviária Federal (PRF) afirmou que o acidente aconteceu às 15h45, após o Gol derrapar e colidir frontalmente com a S-10 por causa da pista molhada.

De acordo com a assessoria de imprensa da Secretaria de Infraestrutura, as vítimas fatais foram um motorista, uma arquiteta um engenheiro. Outra engenheira, que estava junto com eles está em estado grave e foi socorrida e encaminhada para o hospital.

As duas pessoas que estavam na S-10, que ainda não foram identificadas, ficaram levemente feridas e também foram encaminhadas para o hospital.
Fonte: Tribuna do Norte
Brasileirinho

3 º canteira da feira livre de Currais Novos fica livre do sucatão “Famosa Casa Blahia”.

Currais Novos-N-Geral.




Após vários anos de reclamações e questionamentos, Finalmente, a prefeitura de Currais Novos deu inicio na tarde desta quinta feira, dia 17,  ao uma limpeza no 3º canteiro da feira coberta de Currais Novos.Por Chagas Silva, DRT-1845-RN.

Naquele setor a muitos anos deu se inicio ao verdadeiro vuco-vuco,  com vendas de sucatas, moveis usados entre outras bugigangas, segundo as denuncias levadas ao longo dos tempos ao conhecimento das autoridades constituídas, davam conta que devido a falta de cuidados no setor ocupado pelo Sr. Auto Cruz, tinha se tornado num antro de proliferação de insetos diversos, entre tantos Ratos e Baratos.

Após uma fiscalização mais minuciosa por parte do setor competente da prefeitura Municipal de Currais Novos foi constatadas a fundamentação das denuncias, e para agravar a situação também foi constatado que a vários anos aquele comercio operava de forma irregular, aja visto que o Alvara de Funcionamento encontra se em atraso há vários anos.

Com isso acarretando prejuízos ao erário municipal por falta de pagamento de impostos e tributos obrigatórios. Então nesta quinta feira, o Secretario de Agricultura, órgão responsável pela operacionalização e funcionamento da feira livre, cumprindo determinação Judicial deu inicio a retirada do comercio e ao desmonte do barraco que o abrigava.

Na manhã desta sexta feira a Equipe de Reportagens da Rádio Nova Ouro Branco,  liderada pelo Repórter Chagas Silva estive presente a continuação dos trabalhos de retiradas do material ainda existente e o desmonte da famosa “Casas Blahia” nome dado ao local, o que Já era tempo.

A Reportagem conversou ao vivo com Secretario de Agricultura Sr. Daniel relatou que cumpria determinação da promotoria e que ele Daniel não estava ali como cidadão, mas como autoridade que cumpria determinação legal.

O Secretario deixou claro que todo o material retirado estava sendo colocado em um deposito publico, localizado no antigo Abatedouro onde fica a disposição do seu proprietário, Sr. Aldo Cruz que pode solicitar a retirada de seus pertences mediante pagamento de taxas e multas existentes.

O proprietário do barraco ao falar com a reportagem se mostrou bastante revoltado com a situação, ao contrario do proprietário do outro barraco, o cidadão conhecido por Toinho do Alumínio, fez um acordo com o Secretario para fazer sua retirada na próxima terça feira, o mesmo disse ao repórter Chagas Silva que “ vai retirar o que for útil e possível a ser comercializado e os demais o Secretario vai mandar retirar e dar o devido destino adequado. Toinho reconhece o fato de que o município esta agindo dentro dos parâmetros legais.

Deixou claro também que há dois anos ambos tinham sidos comunicados da necessidade de que fosse retirado todo aquele material daquele setor, e que as reclamações não vinha só por parte dos frequentadores da feira, mas pelos legistas situados próximo ao setor da feira e dos moradores ali existentes. Toinho concluiu com a seguinte frase “A prefeitura esta correta, nós estamos errados”.