terça-feira, 20 de dezembro de 2016

Atirador mata em frente as câmeras de TV embaixador russo em galeria de artes na Turquia

Emissoras turcas registraram o momento em que um homem atirou e matou o embaixador russo na Turquia, Andrei Karlov, nesta segunda-feira em Ancara. As imagens são fortes.
O diplomata russo de 62 anos, à frente da embaixada da Rússia na capital turca desde 2013, foi atingido durante uma visita a uma exposição na capital turca. O agressor entrou no prédio alegando ser policial e disparou contra o diplomata que discursava na exposição intitulada ‘Rússia vista pelos turcos’.
O atirador grita “Allahu akbar (Alá é grande). Não se esqueçam de Alepo! Não se esqueçam da Síria! Só a morte me tira daqui. Todos que participaram dessa operação pagarão por isso. Um por um”, disse o agressor, conforme reportou a emissora CNN.
As autoridades não informaram a identidade do atirador, que foi morto no local pelos policiais.
Tensões recentes
Rússia e Turquia estão envolvidas no conflito da Síria de lados opostos. Ancara se opõe firmemente ao ditador sírio, Bashar Assad, enquanto o Kremlin vem mobilizando tropas e a Força Aérea em apoio ao regime. As tensões se acentuaram nas últimas semanas, quando forças sírias auxiliadas por Moscou se empenharam em assumir o controle da parte leste da cidade de Alepo, desencadeando uma grande leva de refugiados.


Não ficou claro de imediato quem realizou o ataque. Extremistas do Estado Islâmico têm estado ativos na Turquia e empreenderam vários ataques a bomba contra alvos turcos. Na semana passada, um acordo entre Rússia e Turquia permitiu a retirada de civis e rebeldes da cidade síria de Alepo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

É livre o direito de pensamentos, todos nós temos o direito de expressar nossas ideias e pensamentos deste que respeitando o direito e a moral dos demais.

Lembrando que a responsabilidade dos Comentários e de quem posta.

Chagas Silva

Postagem em destaque

CEARÁ REGISTRA 88 ASSASSINATOS EM 3 DIAS

CE-POLICIAIS. O estado do Ceará registrou 88 assassinatos nos últimos três dias. As mortes ocorrem durante uma paralisação realizada por p...