sábado, 16 de setembro de 2017

EM SÃO JOSÉ DO SERIDÓ-MPT revida porque não quer cumprir reforma trabalhista


RN-Geral.
 IMG-20170916-WA0010 MPT revida porque não quer cumprir reforma trabalhista, diz Rogério Marinho  IMG 20170916 WA0010
O deputado federal Rogério Marinho argumentou no ato em defesa às facções, neste sábado (16), em São José do Seridó, que o Ministério Público do Trabalho se levanta para fazer jurisprudência em cima de interpretações que não têm lastro na lei.
Veja Também
“Trata-se de revide pela aprovação da lei da reforma trabalhista. Querem fazer jurisprudência sobre o Seridó,  mas não vão conseguir”, destacou o parlamentar.
Em seu discurso, Rogério Marinho ainda afirmou que não procede o argumento do Ministério Público do Trabalho que a ação tocada pelo órgão têm origem na proteção aos trabalhadores.
“Eles dizem que é para proteção de vocês. Que foram vocês que o provocaram. Onde estão os trabalhadores que pediram intervenção do MPT? Eles não estão aqui. Eles não estão em lugar nenhum”, cravou Rogério.
Segundo ainda afirmou, o Pro-Sertão seria cinco vezes maior se não fossem as ações do MPT.
“Eles se armaram com policiais e interditaram as facções para amedrontar vocês. Mas não conseguirão. Se não podem ajudar, que não atrapalhem”, ironizou o deputado
Portal no AR.


Marcelo Rezende morre aos 65 anos em São Paulo

SP-Saúde.
Rezende apresentava o Cidade Alerta desde 2012
Rezende apresentava o Cidade Alerta desde 2012 Reprodução/Instagram-Fonte R7

O
 jornalista Marcelo Rezende morreu neste sábado (16), aos 65 anos, na zona sul de São Paulo. Um dos maiores nomes do jornalismo brasileiro, o apresentador da Record TV lutava contra um câncer no pâncreas e no fígado desde o final de abril. A informação foi confirmada pelo Hospital Moriah, onde estava internado desde terça-feira (12).
Ainda não foram divulgadas informações sobre velório e enterro.

Com a coragem que o acompanhou ao longo da vida, o jornalista anunciou em rede nacional que estava com a doença. Durante uma entrevista ao Domingo Espetacular no início de maio, horas antes de ser internado pela primeira vez, Rezende disse que encararia a doença de frente.
O câncer agressivo o obrigou a deixar repentinamente o comando do Cidade Alerta, jornalístico que apresentava desde 2012. Foi nessa última etapa da carreira que Marcelo Rezende se reinventou como apresentador.
Entre denúncias e notícias sobre violência urbana, Marcelo Rezende encontrou espaço para o bom humor. Transformou os repórteres em personagens, deu apelidos à equipe técnica, colocou o comentarista Percival de Souza sentado num trono. Criou bordões que ganharam as ruas e já entraram para a história da TV brasileira. Um deles, o “corta pra mim”, virou título de sua autobiografia (Editora Planeta, 2013). Um breve resumo de uma vida rica de histórias.
Marcelo Rezende nasceu no Rio de Janeiro, em 12 de novembro de 1951, fruto de um casal de baixa renda. Filho de um bancário e uma funcionária da aeronáutica, decidiu, aos 16 anos, se mudar para a Bahia e viver em uma comunidade hippie.
Um ano mais tarde, ingressou no jornalismo por acaso, durante uma visita à redação do Jornal dos Sports, no Rio de Janeiro. Rezende tinha apenas 17 anos e foi convidado para trabalhar como repórter na cobertura de futebol. Foram o talento e as amizades que conquistou lá que o levaram para a Rádio Globo e, na sequência, O Globo. No jornal carioca, onde trabalhou por sete anos, teve a chance de ficar próximo do ídolo, Nelson Rodrigues.
Antes de chegar à televisão, o jornalista ainda passou pela revista Placar. Só então, em 1987, foi contratado como repórter esportivo pela TV Globo. Com pouco tempo na emissora carioca, migrou para o jornalismo investigativo – área que marcou a sua carreira profissional. Participou de coberturas importantes e saiu na frente em várias delas. Um exemplo é a investigação sobre a fuga de PC Farias, tesoureiro da campanha de Fernando Collor, em 1993. Mas a matéria de maior repercussão na carreira do apresentador foi um caso de violência policial na Favela Naval, em Diadema, na grande São Paulo. A denúncia feita por Rezende em 31 de março de 1997 no Jornal Nacionalcausou indignação no País, rodou o mundo e colocou os direitos humanos na pauta da sociedade. Pelo trabalho, Rezende recebeu os prêmios APCA (Associação Paulista de Críticos de Arte) e o Líbero Badaró.

No ano seguinte, o jornalista voltou a ser premiado no Líbero Badaró por uma denúncia de vendas de armas, também exibida no Jornal Nacional. Ele já havia conquistado, em 1994, o diploma de honra ao mérito do Festival de Filme e Televisão de Nova York pela reportagem Trabalho do Menor, exibida no Globo Repórter.
A estreia como apresentador foi no Linha Direta, em 27 de março de 1999. O jornalista participou ativamente do projeto que colocou o programa policial que reconstituía crimes praticados por foragidos da justiça de volta à grade da Globo – a primeira versão, feita em 1990, durou só quatro meses no ar. De acordo com a emissora carioca, Rezende dizia que “a proposta do Linha Direta era, desde o princípio, condenar a impunidade e retratar os casos policiais com o máximo de verossimilhança”. Isso era possível pois, além de contar histórias, a atração incentivava os telespectadores a denunciar o paradeiro dos criminosos ou fornecer pistas que ajudassem na solução dos casos. O jornalista trabalhou sete meses montando uma equipe de 50 profissionais para colocar o programa no ar.
Rezende deixou a Globo e, em 2002, foi para a Rede TV!, onde assumiu a apresentação do telejornal policial Repórter Cidadão.
Em 2004, foi contratado pela Record TV, como apresentador da primeira versão do Cidade Alerta. Ficou até 2006, quando foi contratado novamente pela Rede TV! para ancorar o RedeTV!News, principal jornalístico da casa. Deixou a emissora em 2008. Dois anos depois, estreava na Band no comando do Tribunal na TV – atração nos mesmos moldes do Linha Direta.
Ainda em 2010, Rezende voltou para a Record TV, como repórter especial do Domingo Espetacular. No ano seguinte, virou apresentador do Repórter Record. Mas, em 2012, Marcelo Rezende reassumiu o comando do Cidade Alerta e, com uma dose de irreverência, mudou o jeito de fazer programa policial na televisão brasileira. A inovação deu certo e fez história. Em setembro de 2015, o vespertino venceu por pelo menos três vezes o Jornal Nacional, fato até então inédito na televisão. Quando não ficava na frente, por várias vezes o Cidade Alerta empatava no período de confronto direto entre os dois noticiários. Um marco histórico, já que, desde a estreia, em 1969, o Jornal Nacional sempre teve a liderança isolada de audiência.
O sucesso foi interrompido pela descoberta do câncer agressivo, em exame realizado em 28 de abril. Mesmo após o diagnóstico, Marcelo Rezende apresentou três edições do programa e fez questão de não abandonar a legião de fãs. Durante o período em que esteve fora do ar, usou as redes sociais para se manter em contato com o público. Em todas as mensagens, passou demonstrações de confiança e fé.

Marcelo Rezende deixa cinco filhos e uma neta.

CURRAIS NOVOS; Rede Unilar HS Moveis Fazendo o melhor por sua economia.

RN-Economia.
   
Em tempos de crise financeira a prosperidade só chegas se tiver economia e, economia de fato só nas promoções da Rede Unilar HS Moveis e Eletrodomésticos 

BRASIL; Marcelo Rezende tem falência múltipla de órgãos

BR-Saúde.

M
arcelo Rezende, internado desde a última terça-feira (12), segue em observação no Hospital Moriah, Zona Sul de São Paulo.
O jornalista foi hospitalizado após sentir fortes dores e, na unidade de saúde, os profissionais identificaram uma pneumonia grave.
Conforme o Purepeople apurou, além das complicações do câncer no pâncreas e fígado, a doença “comprometeu parte do aparelho digestivo” do comandante do “Cidade Alerta”, da RecordTV, que sofreu ainda falência múltipla dos órgãos. Diagnosticado em maio deste ano, Marcelo afastou-se da televisão e passou por tratamentos alternativos relacionados à alimentação.
Pai de Patrícia, Marcella, Ana Carolina, Valentina e Diego, Rezende foi homenageado pelo herdeiro, que mora na Argentina, nesta sexta-feira (15). Em foto publicada em seu perfil no Instagram, o rapaz escreveu: “meu super-herói”. Horas depois, Luciana Lacerda, namorada de Marcelo, compartilhou uma mensagem de fé e pediu forças a Deus, por conta do momento de saúde delicado pelo qual o repórter passa. “O vazio ocupa um espaço imenso. Que Deus segure nas minhas mãos e na sua, meu amor. Juntos somos mais fortes. Te amo”, disse a carioca.


SANTA HELENA; Ônibus escolar com pneu careca tomba com estudantes em rodovia da Paraíba

PB-Transito.
D
e acordo com a Companhia de Trânsito da Polícia Militar em Cajazeiras, responsável pelo policiamento na região, o motorista do veículo teria alegado que perdeu o controle do ônibus em uma curva, causando o tombamento
Ônibus tombou no município de Santa Helena
Um ônibus escolar do município de Santa Helena tombou em um trecho da rodovia PB-395, em Santa Helena, no Sertão paraibano, a 505 quilômetros de João Pessoa, no fim da manhã desta sexta-feira (15). O veículo trafegava com um dos pneus careca.
De acordo com a Companhia de Trânsito da Polícia Militar em Cajazeiras, responsável pelo policiamento na região, o motorista do veículo teria alegado que perdeu o controle do ônibus em uma curva, causando o tombamento.
No momento do acidente, o veículo estava com estudantes, mas, ainda segundo a Companhia de Trânsito, não houve feridos.
Em fotos enviadas pelo WhatsApp ao Portal Correio é possível identificar que um dos pneus traseiros do ônibus estava careca e sem condições de tráfego.
O Portal Correio tentou contato com o secretaria de Transportes de Santa Helena, Jorge Machado, para que ele explicasse o motivo para o ônibus escolar trafegar com pneu careca, mas até a publicação desta matéria as ligações não foram atendidas.

Halan Azevedo – Portal Correio

CURRAIS NOVOS: operação conjunta das polícias prende jovem armado considerado de alta periculosidade

RN-Policia.
Por volta das 10 horas da manhã de hoje (15/09) uma operação conjunta das polícias civil e militar prendeu um jovem de 18 anos considerado pela polícia de alta periculosidade e apreendeu um revólver calibre 38 com duas munições intactas.
Esse jovem teve várias passagens pela delegacia quando era menor de idade acusado de assaltos, porte ilegal de arma de fogo, receptação, tráfico de drogas, homicídio etc, o mesmo foi identificado como Luciano Lopes da silva, residente no bairro paizinho Maria.
Recentemente, na companhia de outro individuo, ambos em uma moto, Luciano fugiu de uma abordagem policial e seu comparsa atirou contra guarnição. Na ocasião o comparsa conseguiu fugir e Luciano acabou detido e conduzido para delegacia onde foi ouvido e liberado.
De acordo com nossa legislação atual, ao completar 18 anos de idade Luciano não deve nada a justiça e sua ficha fica zerada.

Mais uma vez parabenizamos todos os policiais que tiraram mais uma arma de fogo de circulação que poderia ser usada em assaltos ou homicídios no nosso município.

PEDRA LAVRADA; Bebê é diagnosticada com doença grave e família precisa de ajuda para custear tratamento




PB-Saúde

A criança foi diagnosticada com tumor no intestino e precisa passar por sessões de rádio e quimioterapia para que possa se recuperar da enfermidade
A
 pequena Heloisy Gabriely, de apenas um ano de idade, está passando por sérios problemas de saúde e precisa de ajuda. Cosmiana Fidelis, mãe da criança, divulgou o problema em rede social e a situação delicada do bebê comoveu os internautas.

Heloyse, que reside no sítio Boa Vista, território de Pedra Lavrada, mas muito próximo ao município paraibano de Sossego, foi diagnosticada com tumor no intestino e precisa passar por sessões de rádio e quimioterapia para que possa se recuperar da enfermidade.

Doações financeiras estão sendo realizadas através de depósitos em qualquer valor, para a Agência 036 da Caixa Econômica Federal, Operação 023, Conta: 00025570-5, em nome de Maria Inácia da Conceição, avó da criancinha.

Também há necessidade de doações, tipo: leite, moletom e casaquinhos, pois os pais não têm condições financeiras para adquirir. Esse tipo de auxílio pode ser deixado na residência da professora de Ceiça Costa, na rua Alimisa Rosa, em Nova Palmeira, vizinho ao Colégio Municipal Iran Coelho Dantas.

 Blog NP

Postagem em destaque

COM GOLPES DE FACÃO, HOMEM TENTA MATAR JOVEM EM SERRARIA DE COLNIZA

BR-POLICIAL. Yuri Ramires foto-   Chico Ferreira Jovem de 22 anos foi vítima de uma tentativa de homicídio, na noite de terça-feira ...