99.5FM Currais Novos/RN

sexta-feira, 28 de dezembro de 2018

ZICO ATRAI 48 MIL PESSOAS AO MARACANÃ E BRILHA COM 2 GOLS NO JOGO DAS ESTRELAS


RN-ESPORTES.
 
O jogo das Estrelas, tradicional partida beneficente promovida por Zico, voltou a desfilar uma dezena de craques no Maracanã na noite desta quinta-feira. E o maior brilho ficou com o dono da festa, que marcou dois gols de “cavadinha” no segundo tempo, contribuindo para a vitória da sua equipe, o Time Vermelho, por 7 a 5 sobre o Time Branco.
A 15ª edição do jogo festivo de Zico voltou a encher o Maracanã, dessa vez com a presença de 48.377 espectadores. E reuniu diferentes de gerações de craques do futebol brasileiro, como Junior, Renato Gaúcho, Kaká, Djalminha, Petkovic, Carlos Germano, Adriano Imperador, Kaká, Julio Cesar, Gabriel Barbosa, Lucas Paquetá e Vinicius Junior.
O time de Zico, o Vermelho, contou com diversas lendas do Flamengo e outros nomes mais jovens que atuaram até recentemente pelo time, casos de Paquetá e Vinicius Junior, mas também de Adriano, mas que acabou decepcionando no primeiro tempo ao perder algumas oportunidades claras de gol.
De qualquer forma, a juventude acabou prevalecendo no primeiro tempo, que terminou com o Time Vermelho em vantagem de 3 a 2, com gols marcados por Lucas Paquetá, após passe de Kaká, e Vinicius Junior, além do contra de Cribari. E os gols dos adversários foram de Gabriel e também um contra, de Mozer.
Na etapa final, os times passaram por diversas modificações. Os gols do Time Branco foram marcados por Alcindo, Alex Dias e Seedorf. Zico brilhou ao superar duas vezes o goleiro Marcelo Lomba com cavadinhas, a segunda lhe rendendo um golaço. Filipe Coimbra, neto de Zico, também fez o seu. E Paquetá concluiu o triunfo por 7 a 5.
O evento começou cedo, com a realização de um jogo que envolveu artistas. Depois, os presentes ao Maracanã puderam acompanhar a um show, ainda que curto, da rapper australiana Iggy Azalea, que acabou ficando marcado por um susto, pois uma dançarina passou mal, parecendo sofrer uma crise de epilepsia.
Além disso, no intervalo da partida principal, Julio Cesar recebeu uma homenagem das mãos de Zico. Mas o ex-goleiro foi quem acabou reverenciando o ídolo histórico do Flamengo, do futebol brasileiro e dono da festa no Maracanã.
Com informações do Estadão Conteúdo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

É livre o direito de pensamentos, todos nós temos o direito de expressar nossas ideias e pensamentos deste que respeitando o direito e a moral dos demais.

Lembrando que a responsabilidade dos Comentários e de quem posta.

Chagas Silva