99.5FM Currais Novos - RN

sábado, 1 de setembro de 2018

CAMINHONEIROS ANUNCIAM NOVA PARALISAÇÃO DEPOIS DO FERIADO



Br-politica 
Por Robson Pires, emNotas 
A UDC (União dos Caminhoneiros do Brasil) divulgou uma nota neste sábado dizendo que fará uma paralisação em todo o país depois do feriado de 7 de setembro.
Os caminhoneiros, registra a Folha, protestam contra o aumento de 13% do preço do diesel e a falta de fiscalização para preço mínimo do frete rodoviário.

TOMBA LEMBRA TRABALHO DE GARIBALDI E DIZ: “AS OBRAS DE GARIBALDI SÃO AS MAIORES QUE UM GOVERNO JÁ FEZ EM SANTA CRUZ”


   RN-POLITICA.  
santacruzcomicio-31082018(15)
O senador Garibaldi Filho (MDB-RN), candidato à reeleição pela coligação 100%RN, participou da “Passeata das Mulheres” e de comício na cidade de Santa Cruz, a 120 quilômetros de Natal, nesta sexta-feira (31). Antes da movimentação política, o senador concedeu entrevista na Rádio Santa de Cruz (AM1410).
Os eventos reuniram mais de 6000 mil pessoas pelas ruas da cidade e no largo da Igreja Matriz de Santa Rita de Cássia. Foram promovidos pela prefeita de Santa Cruz, Fernanda Costa (MDB) e o candidato à reeleição a deputado estadual, Tomba Farias.
Tomba confirmou o apoio à candidatura de Garibaldi, reconhecendo seu trabalho como governador e senador pelo Rio Grande do Norte. “A experiência uma das principais marcas de Garibaldi. São 48 anos de vida pública e muito trabalho pelo estado. Santa Cruz também reconhece este trabalho, pois aqui temos água boa de beber graças a construção das adutoras. Considero a maior obra que um governo já fez pela cidade”, disse.
Já Garibaldi lembrou que Santa Cruz sempre teve seu apoio, seja com emendas ou no trabalho legislativo de ajuda ao Município. “Sempre tenho boas lembranças desta cidade e dos desafios vencidos para trazer benefícios ao Trairi. As adutoras são um exemplo do passado e o teleférico de Santa Rita no presente”, comentou o senador.
A passeata das mulheres e o comício contaram com a presença do candidato ao Governo da coligação, Carlos Eduardo, o senador José Agripino e a secretária da Mulher de Natal, Andrea Ramalho, além de vereadores, prefeitos e lideranças da região.

ESTUDANTE DE EDUCAÇÃO FÍSICA MORRE EM ACIDENTE DE MOTO NA PARAÍBA.


PB-TRANSITO 
Jovem morreu em um grave um acidente de moto na manhã deste sábado (1), no Centro de Sousa
O jovem Janyerson Ferreira, de 29 anos morreu em um grave um acidente de moto na manhã deste sábado (1), no Centro da cidade de Sousa, Sertão da Paraíba.

De acordo com informações da polícia, o jovem seguia em uma motocicleta quando perdeu o controle ao passar em um quebra-molas. Com o impacto, o condutor da moto caiu e bateu a cabeça no chão.
Equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e Corpo de Bombeiros foram ao local e prestaram socorro à vítima que foi encaminhada ao Hospital Regional de Sousa (HRS), mas não resistiu e veio a óbito instantes depois.
Janyerson era estudante do curso de Educação Física em uma universidade privada em Sousa. Ele também trabalhava como vigilante.
Diário do Sertão

FILHO DE EMPRESÁRIO MORRE EM CAMPINA GRANDE


PB-POLICIAL.
Jovem de 19 anos tirou a própria vida em Campina Grande
Jovem tinha 19 anos
No primeiro dia do mês em que se inicia a campanha Setembro Amarelo, que estimula a prevenção ao suicídio, um jovem identificado por Bruno, de 19 anos, tirou a própria vida em Campina Grande.
Por volta do meio dia, o jovem, filho de um dos donos do grupo de farmácias Redepharma, se matou. O suicídio teria ocorrido depois do rapaz pular do sexto andar do seu apartamento, no bairro do Mirante, próximo ao principal shopping da cidade.
De acordo com informações do Portal Polêmica Paraíba, Bruno estaria sofrendo de depressão e teria chegado da Espanha com a família há poucos dias, onde estaria de férias junto com seu pai e o seu irmão.
O velório acontece no Campo Santo da Paz, a partir das 21h00, e o sepultamento será às 16 horas deste domingo (2), no mesmo endereço.

POR 6 VOTOS A 1, TSE REJEITA CANDIDATURA DE LULA NAS ELEIÇÕES


   Agencia Brasil.   
BR-politica.
O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) realiza sessão extra onde pode julgar o pedido de registro de candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para a presidência da República nas eleições de outubro.
 ministro Luís Roberto Barroso fala na sessão do TSE que negou
pedido de registro de candidatura do ex-presidente Lula -
Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil
Por 6 votos a 1, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiu na madrugada de hoje (1º) rejeitar o pedido de registro de candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) à Presidência da República nas eleições de outubro. A decisão foi tomada a partir de 16 impugnações à candidatura apresentadas ao tribunal. 
Com a decisão, Lula não poderá mais aparecer no programa eleitoral para presidente, veiculado no rádio e na televisão a partir deste sábado (1º), até que o PT faça a substituição por outro candidato. Conforme o entendimento, o ex-presidente também deverá ter o nome e foto retirados da urna eletrônica. O partido terá 10 dias para indicar o substituto.  A decisão tem validade imediata porque será publicada ao término da sessão.
Resultado de imagem para fotos lula curando
Os ministros ainda suspenderam a sessão durante a madrugada para definir se a sentença deveria incluir a retirada completa da propaganda do PT na TV e no rádio. Os ministros optaram, no entanto, somente pela proibição da participação de Lula como candidato, o que permite que o candidato a vice Fernando Haddad continue a fazer propaganda.
O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) realiza sessão extra onde pode julgar o pedido de registro de candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para a presidência da República nas eleições de outubro.

O ministro Luís Roberto Barroso fala na sessão do TSE que negou pedido de registro de candidatura do ex-presidente Lula - Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil
O placar da votação foi formado com base no voto do relator, ministro Luís Roberto Barroso. Para o ministro, Lula está inelegível com base na Lei de Ficha Limpa, aprovada em 2010, que veta a candidatura de quem foi condenado por órgão colegiado.
Barroso também entendeu que a recomendação do Comitê de Direitos Humanos da Organização das Nações Unidas (ONU) para que Lula participe do pleito não tem força para vincular o Judiciário do país.
O entendimento foi seguido pelos ministros Jorge Mussi, Og Fernandes, Admar Gonzaga, Tarcísio Vieira e a presidente, Rosa Weber. A ministra divergiu em parte do relator ao entender que Lula poderia participar da campanha em função do cabimento de recursos, mas ficou vencida.
Edson Fachin foi o único a votar a favor do argumentos apresentados pela defesa de Lula. Em seu voto, Fachin disse que Lula está inelegível com base na Lei da Ficha Limpa, por ter sido condenado na segunda instância da Justiça brasileira, mas, mesmo estando preso, pode concorrer nas eleições devido à recomendação do órgão da ONU. 
PGR
Durante o julgamento, a procuradora-geral Eleitoral, Raquel Dodge, opinou contra a concessão do registro de Lula. Segundo a procuradora, Lula foi condenado pela segunda instância da Justiça Federal e não pode disputar o pleito.
Defesa
A defesa de Lula pretende recorrer ao Supremo para tentar garantir a presença do ex-presidente nas eleições.
Durante o julgamento, a defesa do ex-presidente afirmou que a Justiça brasileira deveria cumprir recomendação do Comitê de Direitos Humanos da Organização das Nações Unidas e liberar o registro de candidatura do ex-presidente nas eleições.
A defesa de Lula também pediu que o TSE não julgasse o pedido de registro. De acordo com o advogado Luiz Fernando Pereira, o processo não estava pronto para julgamento, porque não houve todas as manifestações finais dos que contestaram o registro. Segundo Pereira, “o julgamento é nulo” sem o rito processual que deve ser seguido.
Saiba mais
PT diz que vai recorrer da decisão que impediu candidatura de Lula
Raquel Dodge afirma no TSE que Lula não pode disputar eleições
Regras da campanha impedem discussão do país, diz especialista
Edição: Davi Oliveira
 Tags: Eleições2018 registro da candidatura candidatura de lula impugnação da candidatura julgamento do tse tribunal superior eleitoral
 


PREFEITO É ENCONTRADO MORTO DENTRO DO PRÓPRIO CARRO COM TIRO NA CABEÇA

TO-POLICIAL.
Um revólver 38 também foi encontrado com a vítima. A perícia foi chamada para o local. A Secretaria de Segurança Pública informou que o corpo do prefeito será levado para o Instituto Médico Legal de Palmas. A investigação ficará sob responsabilidade da delegacia de Miracema, mas equipes de Palmas vão dar suporte ao delegado da cidade.
Em nota, a prefeitura de Miracema disse que o prefeito não tinha inimigos e negou que ele usasse serviço de seguranças, como havia sido informado mais cedo. Eles disseram ainda que se trata de um homicídio.
Moisés Costa da Silva tinha 44 anos, era casado e trabalhou como empresário e contador em Miracema. Ele se candidatou a um cargo público pela primeira vez em 2016. Foi eleito prefeito de Miracema com 84% dos votos válidos e estava no primeiro mandato.
Fonte.G1 TO

DUAS AGÊNCIAS DOS CORREIOS SÃO ASSALTADAS NA PARAÍBA


PB-POLICIAL.
Duas agências dos Correios foram assaltadas nas cidades de Campina Grande e Araruna, no Agreste da Paraíba, respectivamente por volta das 9h20 e 10h desta sexta-feira (31). Na primeira ocorrência, dois bandidos estariam envolvidos, já na segunda, se trataria de um único assaltante, segundo a Polícia Militar.

De acordo com a PM de Campina Grande, os criminosos teriam realizado o assalto na agência da cidade após pularem a parte de trás da agência, que fica próxima à Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), no bairro Bodocongó, Zona Oeste da cidade.

Quando anunciaram o assalto eles chegaram a trancar dois funcionários da agência e teriam roubaram cerca de R$ 200, dois aparelhos celulares e o revolver do vigilante.

Sobre Araruna, por sua vez, a polícia relata que um homem, com identificação ainda desconhecida, estacionou uma moto próxima a agência, em seguida teria entrado no local solicitando cartas, depois abordou o vigilante tomando a arma dele, voltou para a moto e saiu levando cerca de R$ 1 mil do caixa.
Nos dois casos, os bandidos conseguiram efetuar fuga com os pertences e até o fechamento dessa matéria ainda não haviam sido identificados e encontrados pela polícia.

Mayara Oliveira - Portal Correios


PRESIDENTE DE CÂMARA DE VEREADORES É ASSASSINADO NO LOCAL DE TRABALHO


PB-POLICIAL.
José Roberto chegava à Câmara, quando foi morto a tiros, mas ainda não se sabe o motivo da ação
O presidente da Câmara de Itaitinga, na Região Metropolitana de Fortaleza, foi assassinado no início da tarde desta sexta-feira (31), no local de trabalho. José Roberto de Oliveira Martins (PRTB), de 53 anos, morreu na hora.
O crime aconteceu por volta de meio-dia. Três homens chegaram em um carro e atiraram contra o veículo do presidente.
Segundo informações da Polícia Militar (PM), José Roberto chegava à Câmara, quando foi morto a tiros, mas ainda não se sabe o motivo da ação.
No carro, estava sua esposa e mais pessoas que também foram atingidas e levadas ao hospital sob escolta policial. Os criminosos ainda pegaram um objeto no carro, que provavelmente seria uma arma, segundo a PM.
José Roberto já respondia a diversos crimes, como calúnia, ameaça, disparo de arma de fogo, porte ilegal de arma e violência contra a mulher. Ele também foi testemunha de outros crimes como homicídio. 
Tribuna do Ceará com informações da repórter do Barra Pesada, Luciana Lemos.

MAJU CAI NA GARGALHADA NO "JN" AO FALAR DA "ROLIÚDE NORDESTINA", EM CABACEIRAS, PB.


BR-TV.
A jornalista responsável pela previsão do tempo no "JN" exibiu o principal cartão de visitas de Cabaceiras e caiu na risada com Renata Vasconcellos
Maria Júlia Coutinho gargalhou ao falar da "Roliúde Nordestina"
Maria Júlia Coutinho gargalhou no "Jornal Nacional" desta sexta-feira (31) ao alertar sobre a falta de chuva em Cabaceiras. A cidade da Paraíba é conhecida como "Roliúde Nordestina", com direito a placa semelhante à de Hollywood, nos Estados Unidos, por ser palco de mais de 30 filmes nacionais.
A jornalista responsável pela previsão do tempo no "JN" exibiu o principal cartão de visitas de Cabaceiras e caiu na risada com Renata Vasconcellos.
"É um cenário de filme, Renata. Vários filmes e séries foram rodados lá, por isso a cidade ostenta esse título aqui: 'Roliúde Nordestina', com R mesmo", brincou Maju. "Adorei", comentou Renata.
De tanto rir, Maria Júlia quase perdeu a voz e não conseguiu concluir a previsão do tempo. "Final de semana de calor e sol na nossa Roliúde. É muito bom, né?", disse a jornalista, com a voz fina.
"Fantástico, demais! Bom fim de semana, Maju!", falou Renata Vasconcellos, despedindo-se de Maju.
TV Famosos - UOL
 

sexta-feira, 31 de agosto de 2018

FALTOU SÓ UM TRIPLEX


BR-POLITICA

Denunciado pelo Ministério Público do Rio Grande do Norte por crime de peculato, na última segunda-feira (28), o deputado estadual Ricardo Motta (PSB) teria comandado um desvio de R$ 400 mil do Instituto de Desenvolvimento Ambiental do Estado (Idema) para quitar a reforma de uma casa na Lagoa de Bomfim, em Nísia Floresta, região metropolitana de Natal. As informações se tornaram públicas após o levantamento do sigilo judicial.
Duas delações premiadas reforçam a denúncia, que é resultado da operação Capuleto, deflagrada pelo MP em maio de 2017 para apurar a prática de crimes decorrentes do desvio de recursos públicos oriundos de convênio firmado entre o Idema e a Fundação para o Desenvolvimento Sustentável da Terra Potiguar (Fund FALTOU SÓ UM TRIPLEX
BR-POLITICA.
Denunciado pelo Ministério Público do Rio Grande do Norte por crime de peculato, na última segunda-feira (28), o deputado estadual Ricardo Motta (PSB) teria comandado um desvio de R$ 400 mil do Instituto de Desenvolvimento Ambiental do Estado (Idema) para quitar a reforma de uma casa na Lagoa de Bomfim, em Nísia Floresta, região metropolitana de Natal. As informações se tornaram públicas após o levantamento do sigilo judicial.

REAJUSTE DOS JUÍZES ENFRENTA AGORA POLÊMICA DO AUXÍLIO-ALIMENTAÇÃO


BR-POLITICA.
A solução articulada pelo ministro Dias Toffoli, do STF (Supremo Tribunal Federal), para garantir o reajuste salarial de 16,38%para magistrados em troca do fim do auxílio-moradia deve passar por uma ação que discute no tribunal um outro benefício, o auxílio-alimentação.
A ação sobre o auxílio-alimentação está na pauta de julgamentos do dia 12 de setembro. Trata-se da ADI (Ação Direta de Inconstitucionalidade) 4822. Sua análise começou em 2013 e será retomada no voto de Toffoli, que pediu vista naquele ano.
Essa saída está em estudo no Supremo porque o ministro Luiz Fux, que é o relator das ações que tratam do auxílio-moradia, tem indicado que pode não levá-las a julgamento em breve.
Na quarta-feira (29), integrantes do governo federal e do Judiciário informaram que Toffoli e Fux se comprometeram, em reunião com o presidente Michel Temer, a extinguir o auxílio-moradia irrestrito que hoje é pago a toda a magistratura.
 Folhapress


TSE PODE JULGAR HOJE REGISTRO DA CANDIDATURA DE LULA À PRESIDÊNCIA


 BR-POLITICA.
Andre Dusek AE - Luiz Inacio Lula da Silva
Por André Richter - Repórter da Agência Brasil  Brasília

Andre Dusek AE - Luiz Inacio Lula da SilvaO Tribunal Superior Eleitoral (TSE) pode julgar hoje (31) o pedido de registro de candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva à Presidência da República nas eleições de outubro. A análise pode ocorrer durante uma sessão extra, convocada pela presidente da Corte, ministra Rosa Weber, para as 14h30.
Apesar de o recurso não estar previsto na pauta de julgamentos, a possibilidade de análise do registro não está descartada. A liberação para julgamento depende do relator, ministro Luís Roberto Barroso, que recebeu na noite de ontem a manifestação da defesa de Lula sobre as 16 impugnações contra a candidatura.
Lula está preso desde 7 de abril na sede da Superintendência da Polícia Federal (PF) em Curitiba, em função de sua condenação a 12 anos e um mês de prisão, na ação penal do caso do tríplex em Guarujá (SP).
Em tese, o ex-presidente estaria enquadrado no artigo da Lei da Ficha Limpa que impede a candidatura de condenados por órgãos colegiados. No entanto, o pedido de registro e a possível inelegibilidade precisam ser analisados pelo TSE até 17 de setembro.

EM 308 CIDADES BRASILEIRAS, HÁ MAIS ELEITORES DO QUE HABITANTES


BR-geral.
Resultado de imagem para fotos da logo das eleições 2018 
O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) identificou que em 308 cidades do Brasil o número de eleitores é maior que o de habitantes, considerando a estimativa populacional. Metade dos municípios onde ocorre a inversão está em Minas Gerais, no Rio Grande do Sul e em Goiás e todos são de pequeno porte, segundo levantamento feito pela Confederação Nacional de Municípios (CNM).

Em todo o país estão aptos para votar 146,8 milhões de eleitores, o que corresponde a 70,4% da população brasileira, de 208,5 milhões. Os menores colégios eleitorais do país estão em cidades com menos ou pouco mais de mil habitantes
Agência Brasil

PASSAGEIRO MORRE ESMAGADO DURANTE CONSERTO DE ÔNIBUS NA ESTRADA.


AL-POLICIAL.

A Polícia Rodoviária Federal informou que o macaco escorregou e o veículo caiu em cima do corpo do homem
Um homem de 45 anos, natural de Alagoas, morreu ao tentar consertar um ônibus na BR-251, em Grão Mogol, O ônibus seguia de São Paulo para Pernambuco.
A Polícia Rodoviária Federal informou que o pneu e a bolsa de ar do coletivo estouraram na altura da comunidade de Bocaina. O passageiro, então, se ofereceu para resolver o problema. Ele entrou debaixo do veículo para realizar o conserto, mas o macaco escorregou e o ônibus caiu em cima dele.
De acordo com o G1, o ônibus deu problema em frente a uma borracharia. A PRF disse que os dois motoristas e o borracheiro estavam consertando o veículo quando o passageiro se ofereceu para ajudar. Segundo a polícia, o macaco deve ter cedido por conta da movimentação de passageiros, que subiam e desciam do veículo.
Notícias ao Minuto

TOTAL DE NOVOS PROCESSOS CRIMINAIS É O MENOR DESDE 2009

Anna Luisa Praser
BR-destaque.
O ingresso de processos criminais na Justiça de todo o País atingiu o menor total em nove anos, indica o relatório Justiça em Números 2018. Foram 2,4 milhões novos casos no último ano, excluídos os de execução penal — queda de 4% ante 2016. É o valor mais baixo desde o início da série histórica, em 2009. Com a queda, caiu também a participação de crimes no acervo judicial.
Em 2017, casos criminais responderam por 9,3% das 29,1 milhões de novas causas — no ano anterior, eram 10,1%. Em paralelo, o total de ações baixadas foi de 2,8 milhões — alta de 3,7%. Os dois movimentos ajudaram a reduzir em 4,6% o acervo criminal pendente, para 6,2 milhões de processos, mesmo nível de 2015.
Brasil tem 80,1 milhões de processos judiciais em tramitação
Anna Luisa PraserA Justiça apresentou na tarde dessa terça-feira (27) os números relativos ao desempenho do Judiciário em 2017.
 Segundo os dados do relatório, o país tem 80,1 milhões de processos que aguardam uma solução definitiva, ou seja, 244 mil a mais que em 2016.
Mesmo com o aumento, a Justiça comemora: a variação de 0,3% de ações na fila foi a menor desde 2009.
De acordo com os dados, o número de processos baixados, que é quando a causa acaba ou quando nenhuma das partes se movimenta no processo, ultrapassou pela primeira vez a casa dos 30 milhões de casos solucionados.
 Ainda segundo o relatório, o maior gargalo do Judiciário são os processos fiscais em fase de execução, cerca de 31,2 milhões. Isso representa 39% dos processos que aguardam solução.
A lentidão desse tipo de processo se dá por problemas em cumprir a sentença, principalmente pela dificuldade de pagamento de causas trabalhistas ou de precatórios, que são dívidas do poder público.
O ano passado registrou o menor ingresso de processos criminais da série histórica - 2,4 milhões de novos casos. Em contrapartida, o cumprimento de prisões privativas é o maior desde 2009. Foram 65% das execuções penais iniciadas em 2017.
 O relatório tambem faz um levantamento da cobertura judicial no Brasil. Dados revelam que 83% da população reside em município sede da Justiça Eleitoral.
As unidades federais com maior cobertura são o Distrito Federal, Rio de Janeiro, Ceará, Amazonas e Amapá. As que têm menor cobertura são o Pará, Espírito Santo, Alagoas e Sergipe.
Com relação aos gastos, em 2017, o judiciário teve 90,8 bilhões em despesas, valor 4,4% maior que em 2016. Do total dos valores gastos no ano passado, a maioria foi destinada ao pagamento de recursos humanos.
A Justiça também se modernizou: em 2017 apenas um em cada cinco processos era de papel. Já são mais de 88 milhões de casos eletrônicos na Justiça, nos últimos 11 anos.

EMPREGADORES PARAIBANOS TRANSPORTAVAM TRABALHADORES EM BAÚ DE CAMINHÃO E MANTIDOS COMO ESCRAVOS.


MT-POLICIAL.
Os trabalhadores já saíam de suas cidades natais devendo aos empregadores a passagem, a alimentação e o adiantamento de valores
O Ministério Público do Trabalho em Mato Grosso (MPT-MT) e agentes da Polícia Federal resgataram, em Sinop, a 503 km de Cuiabá, cinco trabalhadores mantidos em condições análogas às de escravo. Dois deles são adolescentes de 16 e 17 anos. Um dos acusados continua detido no presídio da cidade após o flagrante. As vítimas eram transportadas nos fundos de um caminhão-baú para vender panelas em municípios de Tocantins, Pará e Mato Grosso.
O MPT constatou a submissão a trabalho análogo ao de escravo na condição de servidão por dívida. Os trabalhadores já saíam de suas cidades natais devendo aos empregadores a passagem, a alimentação e o adiantamento de valores. As quantias eram registradas em cadernos e acrescidas às supostas dívidas dos trabalhadores. Como as vítimas nunca conseguiam saldar o débito por receberem valores ínfimos pela venda das panelas nas ruas das cidades, eram sempre obrigadas a fazer novos “empréstimos”. Os cadernos com as anotações dos valores devidos e descontados dos trabalhadores também foram apreendidos pela polícia.
Após receber a denúncia, MPT acionou a Polícia Federal, que seguiu até o local para fazer o resgate. Os empregadores e trabalhadores foram levados até a Procuradoria de Sinop para prestarem depoimentos. Após uma longa negociação, encerrada às 22 horas, foi firmado um Termo de Ajuste de Conduta. Os empregadores, naturais de Triunfo, na Paraíba, se comprometeram no acordo a pagar uma indenização por danos individuais, as passagens de volta e a alimentação referente a quatro dias de viagem a cada um dos resgatados.
A procuradora do MPT Thalma Rosa de Almeida Furlanetti conta que acionou o Conselho Tutelar da cidade para acompanhar os adolescentes. Estes, após receberem o pagamento, foram encaminhados pelos conselheiros até a rodoviária de Sinop. O Conselho Tutelar de Juazeiro do Norte, no Ceará, também foi comunicado e deverá recebê-los no destino final e adotar as providências cabíveis.

Servidão por dívida
Os trabalhadores eram transportados deitados ou sentados dentro do baú do caminhão, dividido apenas por um tapume de madeira usado para separá-los das mercadorias e escondê-los caso o veículo fosse parado em alguma fiscalização. O empregador não fornecia alimentação e o grupo só comia se vendesse algum produto no dia.
Também não era fornecido local adequado para os trabalhadores dormirem e tomarem banho. Eles acabavam sendo obrigados a amarrar redes a árvores em pátios de postos de combustíveis, ficando, assim, ao relento, sujeitos a intempéries e vulneráveis a riscos diversos.
Segundo os relatos, os trabalhadores, quando contratados, recebiam um “adiantamento”, a ser devolvido posteriormente, para pagar os gastos com o transporte, combustível e alimentação. Todavia, como a remuneração consistia em uma pequena porcentagem do que era vendido, nenhum deles conseguia saldar a suposta dívida, sendo obrigados a continuar laborando. Formava-se, então, uma espécie de dívida eterna, que não podia ser quitada e que era aumentada ao final de cada viagem.
Os trabalhadores informaram que só poderiam prestar serviços a outras pessoas se suas dívidas fossem quitadas ou se o outro empregador comprasse a dívida, de modo que, nesse último caso, o trabalhador passaria a ter uma dívida com o empregador comprador, renovando o ciclo da servidão por dívida.
Outras providências
Serão adotadas ainda providências complementares, como o encaminhamento da denúncia ao Ministério Público Federal, para apuração do crime de trabalho escravo. O MPT também ajuizará ação civil pública contra os empregadores para requerer a condenação em obrigações de fazer e ao pagamento de dano moral coletivo.
G1 MT

SEGUNDO MPF, EMPRESA DE JOGO DE AZAR ALEGA OBJETIVO BENEFICENTE PARA OCULTAR LUCRO ILEGAL


PB-POLICIAL.
A Justiça deferiu uma liminar que proíbe uma empresa de jogo lotérico e três sócios dela de fazer publicidade, comercializar bilhetes e realizar sorteios em todo o estado. Caso a medida não seja cumprida, está prevista uma pena de multa diária a ser oportunamente fixada pelo juízo.
A liminar foi deferida depois de uma ação ajuizada pelo Ministério Público Federal (MPF) em Campina Grande. A Justiça deferiu ainda pedido do MPF para bloqueio cautelar dos bens de titularidade dos demandados, até o limite de um R$ 1 milhão, bem como o sequestro e avaliação de bens móveis na sede da empresa, classificada pelo Ministério Público como pessoa jurídica que promove autêntica oferta pública de jogos de azar, proibidos no Brasil por força do Decreto-Lei n. 3.688/41, no artigo 50).
Na ação, o MPF quer o encerramento definitivo das atividades da empresa, bem como a condenação dos demandados em danos morais coletivos, por entender que consiste “em autêntica oferta pública de jogo de azar completamente dissociada dos parâmetros legais estipulados para a prática autorizada de jogos dessa espécie, bem como ludibriando e levando a erro uma vasta gama de consumidores em municípios paraibanos, o que implica a necessária intervenção do Poder Judiciário para suspender a comercialização e não mais permitir que tal prática retorne sob nova roupagem, ainda que aparentemente legítima”.
Ainda de acordo com a ação, as pessoas que reclamaram da empresa, "valem-se de uma abordagem que alude a instituições beneficentes ou filantrópicas para dar maior aparência de legitimidade às suas escusas operações”. Atualmente estavam sendo comercializados bilhetes sob a denominação de "certificado de contribuição" promovido pelo Instituto de Pesquisa Professor Joaquim Neto (Ipesq), ocultando o intuito lucrativo e ilegal da empresa.
G1 PB

JUSTIÇA SUSPENDE SORTEIOS DE EMPRESA DE JOGO LOTÉRICO EM CAMPINA GRANDE



PB-POLICIAL.
Segundo MPF, empresa de jogo de azar alega objetivo beneficente para ocultar lucro ilegal

Resultado de imagem para fotos de roletas para jogo do bichoA Justiça deferiu uma liminar que proíbe uma empresa de jogo lotérico e três sócios dela de fazer publicidade, comercializar bilhetes e realizar sorteios em todo o estado. Caso a medida não seja cumprida, está prevista uma pena de multa diária a ser oportunamente fixada pelo juízo.

A liminar foi deferida depois de uma ação ajuizada pelo Ministério Público Federal (MPF) em Campina Grande. A Justiça deferiu ainda pedido do MPF para bloqueio cautelar dos bens de titularidade dos demandados, até o limite de um R$ 1 milhão, bem como o sequestro e avaliação de bens móveis na sede da empresa, classificada pelo Ministério Público como pessoa jurídica que promove autêntica oferta pública de jogos de azar, proibidos no Brasil por força do Decreto-Lei n. 3.688/41, no artigo 50).

Na ação, o MPF quer o encerramento definitivo das atividades da empresa, bem como a condenação dos demandados em danos morais coletivos, por entender que consiste “em autêntica oferta pública de jogo de azar completamente dissociada dos parâmetros legais estipulados para a prática autorizada de jogos dessa espécie, bem como ludibriando e levando a erro uma vasta gama de consumidores em municípios paraibanos, o que implica a necessária intervenção do Poder Judiciário para suspender a comercialização e não mais permitir que tal prática retorne sob nova roupagem, ainda que aparentemente legítima”.

Ainda de acordo com a ação, as pessoas que reclamaram da empresa, "valem-se de uma abordagem que alude a instituições beneficentes ou filantrópicas para dar maior aparência de legitimidade às suas escusas operações”. Atualmente estavam sendo comercializados bilhetes sob a denominação de "certificado de contribuição" promovido pelo Instituto de Pesquisa Professor Joaquim Neto (Ipesq), ocultando o intuito lucrativo e ilegal da empresa.

G1 PB

O RN ESTÁ NA UTI, DIZ CANDIDATO A DEPUTADO FEDERAL



Rn-politica.
Em programação no final da tarde desta quinta-feira (30/08), o candidato do PDT a deputado federal, Kericles Ribeiro, o Kerinho, disse que o Rio Grande do Norte “está na UTI e somente a comprovada capacidade de gestão de Carlos Eduardo poderá recuperar o Estado”.

Líder em São José de Mipibu, a 32 km de Natal, Kerinho reuniu apoiadores para receber o candidato a governador pela coligação 100%RN (PDT/PP/MDB/Podemos/DEM), ex-prefeito de Natal Carlos Eduardo (PDT) e declarar apoio.

Kerinho citou a experiência administrativa de Carlos Eduardo nos seus quatro mandatos de prefeito da capital como referência para melhorar os indicadores sociais e econômicos do Rio Grande do Norte, restabelecendo serviços essenciais, especialmente a Segurança Pública e a Saúde.


CURRAIS NOVOS TERÁ “DIA D” DE VACINAÇÃO CONTRA PÓLIO E SARAMPO NESTE SÁBADO, 01


RN-SAÚDE.
Resultado de imagem para foto da logomarca da campanha de vacinação contra o sarampo
A Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite e Sarampo se encerra nesta sexta-feira (31), mas em Currais Novos a imunização acontecerá até o sábado (01 de setembro) com um “Dia D” municipal, onde a Secretaria Municipal de Saúde pretende vacinar o público-alvo (crianças entre 1 e 5 anos) que ainda não foram imunizadas até o momento. 
De acordo com dados da Vigilância Epidemiológica Municipal, Currais Novos atingiu 80,28% de cobertura vacinal, mas o recomendado pelo Ministério da Saúde é que esta meta chegue a 95%.
O “Dia D” de Vacinação Contra a Poliomielite e Sarampo em Currais Novos acontecerá das 8h às 17h deste sábado (01 de setembro) nas Unidades Básicas de Saúde (Postos) do Santa Maria Gorete, Sílvio Bezerra de Melo, JK, Dr. Ferreirinha, Manoel Salustino, Expedito Araújo e Centro.